A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

07/07/2014 13:48

No Estado, Encceja terá a participação de 1.143 detentos neste ano

Filipe Prado

O número de pessoas privadas de liberdade, em prisões ou unidades educacionais, que irá realizar a prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) cresceu 6,2% em 2014. Estão inscritos 1143 pessoas em Mato Grosso do Sul.

Do número total, 1010 estão custodiados em presídios da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), 27 no Presídio Federal e 106 são adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas.

As provas serão aplicadas em 32 unidades penais, nas cidades de: Campo Grande; Dourados; Amambai; Aquidauana; Bataguassu; Cassilândia; Corumbá; Coxim; Jardim; Jateí; Naviraí; Paranaíba; Ponta Porã; Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Dois Irmãos do Buriti e Três Lagoas.

A penitenciária de Dourados, Harry Amorin Costa, recebeu o maior número de inscrições, 119, seguido pelo presídio de Segurança Máxima da Capital, com 100 candidatos, e o Instituto Penal de Campo Grande, com 65 inscritos. Houve um crescimento de 2,43% nas inscrições nas unidades da Agepen.

Nas Uneis (Unidade Educacional de Internação) houve um crescimento de 39,4%, comparado com 2013. As provas serão aplicadas nas Uneis Dom Bosco, Novo Caminho, Estrela do Amanhã, Laranja Doce, Esperança, Mitaí, Pantanal e Aurora G. Coimbra.

O exame é promovido pelo Ministério da Educação, por meio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). A prova é voluntária e gratuita, para pessoas com, no mínimo, 15 anos e que não concluíram o Ensino Fundamental. A nota do Encceja pode ser utilizada para a conclusão dos estudos do nível fundamental.

O Encceja, que acontece no dia 29 de julho, será dividido em quatro provas objetivas, com 30 questões de múltipla escolha e a redação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions