A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/01/2015 21:48

Nova administração do TJMS será empossada dia 30 de janeiro

Daniel Machado
O Des. João Maria Lós assumirá a Presidência, o Des. Paschoal Carmello Leandro responderá pela Vice-Presidência e o Des. Julizar Barbosa Trindade será o Corregedor-Geral de Justiça (Foto: Divulgação)O Des. João Maria Lós assumirá a Presidência, o Des. Paschoal Carmello Leandro responderá pela Vice-Presidência e o Des. Julizar Barbosa Trindade será o Corregedor-Geral de Justiça (Foto: Divulgação)

A administração do Tribunal de Justiça para o biênio 2015/2016 será empossada no dia 30 de janeiro, sexta-feira, às 17 horas, no plenário do Tribunal Pleno, no Palácio da Justiça. O Des. João Maria Lós assumirá a Presidência, o Des. Paschoal Carmello Leandro responderá pela Vice-Presidência e o Des. Julizar Barbosa Trindade será o Corregedor-Geral de Justiça.

Após a eleição por aclamação, no final de outubro de 2014, o novo presidente agradeceu a confiança e o apoio recebido. “Muito me honra a manifestação de apoio e muito me envaidece ser presidente do nosso Tribunal. Sou juiz de carreira há 33 anos, sempre participei das atividades do Judiciário – este mesmo Judiciário do Estado que me adotou e à minha família. Aqui criei meus filhos e pretendo permanecer até o fim”, confessou.

Lós disse ainda que tem uma grande preocupação em manter a qualidade dos serviços no Poder Judiciário de MS, que é elogiado no Brasil pela qualidade, rapidez e pela leveza no quadro de magistrados e servidores.

“A vida me ensinou que não somos feitos só de qualidades nem só de defeitos. E meu objetivo na próxima administração é buscar a qualidade de cada desembargador, juiz e serventuário, para que cada um possa dar um pouco de si ao Judiciário. Já constatamos que existem várias demandas que devem ser enfrentadas. As demandas são difíceis e precisam ser equacionadas e, por esta razão, vou cobrar que se empenhem as qualidades em benefício do Judiciário”, completou.

Conheça - Saiba quem administrará o Poder Judiciário Sul-mato-grossense:

João Maria Lós é paulista de São José dos Campos e ingressou na magistratura em maio de 1981, na Comarca de Miranda. No ano seguinte foi promovido para a Vara Criminal de Corumbá e, em 1987, foi novamente promovido para a 3ª Vara Criminal de Campo Grande, de Entrância Especial.

Na Capital, a pedido, foi removido para a 9ª Vara Cível em 1988. Foi diretor do Foro das comarcas onde judicou e também juiz eleitoral. Integrou o TRE/MS quando esteve na Missão de Paz da ONU, no Camboja, como observador eleitoral daquele organismo internacional, nas eleições de 1993.

Em Campo Grande titularizou o 1º Juizado Especial Criminal e presidiu a Turma Recursal Criminal. Ocupou os cargos de presidente da Associação de Magistrados de MS (AMAMSUL), diretor da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) e diretor da Escola Superior da Magistratura (Esmagis).

Foi promovido ao cargo de desembargador em junho de 1997, atuou como Vice-presidente do TJMS no biênio 2005/2006. Atualmente preside o Tribunal Regional Eleitoral de MS.

Paschoal Carmello Leandro é natural de Corumbá e formado pela Faculdade de Direito de São Carlos (SP). Ingressou na magistratura em maio de 1983, quando foi nomeado para exercer o cargo de juiz substituto na 5ª Circunscrição, em Aquidauana. Em maio de 1984, foi promovido para judicar em Rio Brilhante, comarca de 1ª entrância.

Em maio de 1986 foi promovido para 2ª entrância e passou a atuar na 2ª Vara da Comarca de Jardim. Em 1990 assumiu como juiz de entrância especial na 5ª Vara Criminal de Campo Grande. A pedido, foi removido para a 7ª Vara Criminal na Capital e, em 1994, teve sua designação alterada para a 3ª Vara Criminal de Campo Grande, onde permaneceu até ser promovido a desembargador, em fevereiro de 2005. Atualmente ocupa o cargo de Presidente do Tribunal de Justiça de MS.

Julizar Barbosa Trindade é natural de Ouro Branco, na Bahia, e formou-se em Direito na Fundação Educacional Eurípedes Soares da Rocha de Marília (SP). Ingressou na magistratura sul-mato-grossense em fevereiro de 1982, como juiz substituto em Corumbá. Três meses depois, tornou-se juiz de direito em Glória de Dourados. Em 1984, foi promovido para a 2ª Vara da Comarca de Amambai, 2ª entrância.

Em 1985, a pedido, foi removido para a 1ª Vara Cível de Ponta Porã. Em 1988, foi promovido para a Comarca de Campo Grande, Entrância Especial, onde atuou na Vara de Entorpecentes e Delitos de Trânsito com vítimas, na Vara da Fazenda e Registros Públicos, na 3ª Vara Cível Residual e na Vara de Cartas Precatórias Cíveis, onde permaneceu até a promoção ao cargo de desembargador, em fevereiro de 2007. O desembargador ocupa o cargo de Vice-presidente do TJ até o dia 30 de janeiro de 2015.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions