A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/10/2014 23:33

Novo presidente do TJ-MS quer modernizar e aproximar Justiça da população

Eduardo Penedo e Michel Faustino

O desembargador Paschoal Carmello Leandro foi empossado nesta quarta-feira (1) como presidente do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) e como meta para sua gestão é manter a modernização e dar mais celeridade nos processo, além de aproximar a população da Justiça. ”Vamos tentar manter o processo de modernização para dar mais celeridade aos processos. Com a modernização poderemos atender melhor a população. Queremos aproximar mais a população com a Justiça”, afirma o novo presidente do TJ-MS.

O desembargador Paschoal Leandro ficou no lugar do desembargador Joenildo de Sousa Chaves, que deixa a presidência por causa da aposentadoria compulsória. O desembargador completa 70 anos nesta quinta-feira (2). Joenildo esteve à frente do TJ-MS por 18 meses e Paschoal encerrará o biênio 2013/2014. Além do novo presidente, também tomou posse hoje o vice Julizar Barbosa Trindade. Durante a cerimônia a carreira de Joenildo no Poder Judiciário foi lembrada em grande parte dos discursos dos presentes.

O desembargador Joenildo de Sousa Chaves, que está se aposentando, falou da trajetória ao longo dos 20 meses no comando do Poder Judiciário. “Durante a nossa gestão, a relação com a Assembleia Legislativa foi muito importante, porque a Casa de Leis, tendo à frente o presidente Jerson, manteve-se sempre atenta aos pleitos do Judiciário. Quero que os meus sucessores tenham a mesma relação. Deixo o legado de uma magistratura unida e harmônica com juízes, servidores e com instituições como a OAB-MS, Ministério Público e Defensoria Pública.", enfatizou.

Em 1980 Joenildo atuou como Juiz de Direito na Comarca de Amambai, e na sequência atuou em outros municípios do Estado. Desde 1995 é desembargador do TJ-MS e completou 34 anos de serviço público. Com sua saída, Paschoal ficará na administração do tribunal até o dia 31 de janeiro de 2015, quando deve ocorrer nova eleição para a presidência da corte.

Conheça – O Des. Paschoal Carmello Leandro é natural de Corumbá e formado pela Faculdade de Direito de São Carlos (SP). Ingressou na magistratura em maio de 1983, quando foi nomeado para exercer o cargo de juiz substituto na 5ª Circunscrição, em Aquidauana. Em maio de 1984, foi promovido para judicar em Rio Brilhante, comarca de 1ª entrância.

Em maio de 1986 foi promovido para 2ª entrância e passou a atuar na 2ª Vara da Comarca de Jardim. Em 1990 assumiu como juiz de entrância especial na 5ª Vara Criminal de Campo Grande. A pedido, foi removido para a 7ª Vara Criminal na Capital e, em 1994, teve sua designação alterada para a 3ª Vara Criminal de Campo Grande, onde permaneceu até ser promovido a desembargador, em fevereiro de 2005.

O Des. Julizar Barbosa Trindade é natural de Ouro Branco, na Bahia, e formou-se em Direito na Fundação Educacional Eurípedes Soares da Rocha de Marília (SP). Ingressou na magistratura sul-mato-grossense em fevereiro de 1982, como juiz substituto em Corumbá. Três meses depois, tornou-se juiz de direito em Glória de Dourados. Em 1984, foi promovido para a 2ª Vara da Comarca de Amambai, 2ª entrância.

Em 1985, a pedido, foi removido para a 1ª Vara Cível de Ponta Porã. Em 1988, foi promovido para a Comarca de Campo Grande, Entrância Especial, onde atuou na Vara de Entorpecentes e Delitos de Trânsito com vítimas, na Vara da Fazenda e Registros Públicos, na 3ª Vara Cível Residual e na Vara de Cartas Precatórias Cíveis, onde permaneceu até a promoção ao cargo de desembargador, em fevereiro de 2007.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions