A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/09/2016 15:46

Número de homicídios por arma de fogo cai 8,8% em MS em uma década

Christiane Reis
Em Mato Grosso do Sul, as armas de fogo foram usadas para provocar 353 mortes em 2014.(Foto: Fernando Antunes)Em Mato Grosso do Sul, as armas de fogo foram usadas para provocar 353 mortes em 2014.(Foto: Fernando Antunes)

Em 10 anos, o número de registros de homicídio por arma de fogo caiu 8,8% em Mato Grosso do Sul. Em 2004 foram registrados 387 casos, a 7ª posição entre os Estados, enquanto que em 2014 foram 353, o que levou Mato Grosso do Sul a ocupar a 23ª posição.

Além disso, 94,6% dos homicídios registrados em 2014, em Mato Grosso do Sul, tiveram homens como vítimas, com idade entre 15 e 29 anos. Em Campo Grande, a redução foi de 26,2%, saindo de 149 em 2004 para 110 em 2014, passando da 18ª posição entre as capitais para 24ª em 2014. Os números constam no Mapa da Violência 2016 – Homicídios por Armas de Fogo no Brasil.

Para o secretário de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, a redução no número de casos de homicídios por arma de fogo pode ser explicado pela atuação integrada das polícias em Mato Grosso do Sul. “Este é um grande ponto positivo, além de termos também um índice de resolução de crimes, considerado alto. Quando temos a identificação dos autores e punição deles conseguimos inibir as ocorrências de homicídios”, disse o secretário. No caso dos crimes de homicídio, segundo o secretário a resolução dos casos de homicídios supera os 70%.

Publicado pela primeira vez em 2005, o levantamento foi coordenado pelo sociólogo Júlio Jacobo Waiselfisz, diretor de pesquisa da Flacso (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais). A fonte básica dos dados é o Subsistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS), cujos dados são divulgados anualmente desde 1979.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions