A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/08/2009 10:30

Obras no Centro e para corredor de ônibus obtêm licença

Redação

A Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) concedeu licença ambiental prévia para que a Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação) execute as obras para implantação de corredores do transporte coletivos em Campo Grande e para a revitalização do Centro.

No caso do transporte, a licença permite intervenções nos oitos terminais de transbordo: Moreninhas, Guaicurus, Morenão, General Osório, Nova Bahia, Júlio de Castilho, Bandeirante e Aero Rancho.

Contudo, as obras ainda dependem de recursos do governo federal. A prefeitura aguarda resposta do Ministério das Cidades sobre projetos de mobilidade urbana no valor de R$ 150 milhões.

"O ministério exige a licença ambiental. Então, estamos nos antecipando para quando os recursos chegarem", explica o diretor da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade. Em julho, a prefeitura recebeu propostas para futura licitação das obras. "Agora, os projetos estão sendo analisados", afirma Rudel Trindade.

Os projetos da prefeitura incluem a implantação e adequação do Sistema de Corredores de Transporte (1ª etapa), ampliação e renovação arquitetônica dos terminais General Osório, Morenão e Bandeirantes, reforma e ampliação de abrigos, e requalificação do espaço urbano nas regiões de implantação dos terminais.

Na primeira fase, os corredores de ônibus serão implantados nas avenidas Coronel Antonino e Bandeirantes e também nas Moreninhas. O objetivo é dividir o fluxo dos veículos, com uma área específica para o transporte coletivo. A proposta ainda prevê a construção de 25 estações de transferência de passageiro e 500 pontos de parada de ônibus.

Centro

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions