A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

17/04/2018 07:36

Operação da PF combate contrabando de cigarros em MS e três Estados

Quadrilha sonegava mais de R$ 14 milhões em impostos e faturava R$ 2 milhões com a venda da mercadoria ilegal

Aline dos Santos
Contrabando de cigarro é combatido em Mato Grosso do Sul.  (Foto: André Bittar/Arquivo)Contrabando de cigarro é combatido em Mato Grosso do Sul. (Foto: André Bittar/Arquivo)

Ação contra o contrabando de cigarros, a operação Homônimo é realizada hoje (dia 17) pela PF (Polícia Federal) em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná e Espírito do Santo. De acordo com o G1, os mandados são cumpridos em Sorocaba, Jundiaí, Piracicaba, Várzea Paulista, Cesário Lange, São Paulo, Linhares (ES), Umuarama (PR), Naviraí (MS) e Iguatemi (MS).

Sediadas em Sorocaba (SP), duas quadrilhas são apontadas como distribuidora dos produtos ilegais, oriundos do Paraguai. A ação tem 35 mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, 45 mandados de busca e apreensão e 32 ordens de bloqueio de bens. Um policial militar foi preso.

A quadrilha sonegava mais de R$ 14 milhões em impostos e faturava R$ 2 milhões com a venda da mercadoria ilegal. Conforme a PF (Polícia Federal), a investigação resultou na prisão de 25 pessoas, apreensão de 25 veículos e de 4,2 milhões de maços.

A operação tem o nome de Homônimo porque os chefes das duas organizações criminosas investigadas são conhecidos como "Roberto", embora sejam duas pessoas diferentes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions