ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Pagamento retroativo a enfermeiros pode comprometer 13º

Por Redação | 16/10/2009 09:05

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), afirmou há pouco que o pagamento do 13º a funcionários da Santa Casa pode ficar comprometido se não houver entendimento entre a direção do hospital e a enfermagem.

Na prática, os enfermeiros já conseguiram garantias da direção do hospital para um reajuste de 7%. O entrave está sendo o valor retroativo, desde maio.

Nelsinho afirma que a instituição não tem este valor em caixa. "Se isso não for ajustado, pode até comprometer o pagamento do 13º", enfatizou.

O prefeito admite que o acordo deveria ter sido assinado pela junta interventora "há muito tempo" e que esta demora acabou comprometendo as negociações.

Ele afirma que a direção do hospital deixou o processo "se estender muito", o que ocasionou o acúmulo dos valores de maio até agora.

"Foi uma série de fatores, trocou a junta, deixaram a coisa se estender muito, acabou acumulando", disse o prefeito, durante evento na Funesp.

Para Nelsinho, os enfermeiros se precipitaram em anunciar a possibilidade de greve, já que o índice de reajusto já foi garantido.

A categoria não quer aceitar a divisão deste valor retroativo em quatro parcelas, e promete entrar em greve na próxima terça-feira se o acordo não for assinado. Reunião nesta tarde, a partir das 15h, deve definir a questão.