A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/01/2008 10:01

Pai de Dudu disse que conversa com Jacini trouxe alívio

Redação

Os pais de Luis Eduardo Gonçalves, de 10 anos, desaparecido desde de dezembro, se reuniram nesta manhã com o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, no gabinete dele, e, segundo o pai do garoto, Roberto Gonçalves, saíram da conversa mais aliviados quanto o trabalho de investigação da Polícia Civil para localizar o garoto.

O sumiço do garoto completou nesta semana um mês. Roberto Gonçalves disse que durante a conversa o secretário explicou como andam as investigações e que ele saiu da conversa com a garantia de que toda as delegacias estão empenhadas no caso.

Na semana passada, a equipe responsável pela investigação, da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) foi reforçada, com a participação da investigadora Maria Campos, do 7º Distrito Policial, que atua há vários anos nesse tipo de apuração.

Segundo o pai do garoto, a conversa com o secretário foi para esclarecer como estavam os trabalhos de investigação. Segundo ele, havia o temor da família de que a polícia havia desacelerado as apurações. Gonçalves saiu da conversa com o secretário dizendo que foi convencido do contrário.

Depois que entrou no caso, a policial Maria Campos declarou que há pistas de que o garoto esteja viva e informou até que já havia possibilidades de confeccionar o retrato-falado de um responsável pelo rapto do garoto. Segundo ela, várias pessoas teriam procurado a Polícia e em depoimento revelado características semelhantes de um homem visto com o garoto na periferia de Campo Grande. O retrato-falado citado pela investigadora não foi divulgado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions