A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/08/2010 14:32

Pantanal não terá cana, diz presidente de Associação

Redação

O presidente da Associação dos Produtores de Bioenegia de Mato Grosso do Sul, Roberto Hollanda Filho, rejeitou hoje a possibilidade de haver plantio de cana e instalação de indústrias do setor no Pantanal. ""Não há cana e não terá cana no Pantanal", assegurou Hollanda, em palestra proferida durante o Canasul 2010 (Congresso de Tecnologia na Cadeia Produtiva da Cana-de-açúcar em MS), que começou hoje e vai até amanhã no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

Hollanda abordou assuntos polêmicos como a produção de cana no Pantanal. "O governo federal estipulou que não haverá nova produção de cana na Bacia do Alto-Paraguai. Não existe nenhum projeto de instalação de usinas no Pantanal e é preciso ser categórico nisso", afirmou

Outro ponto abordado foi a proibição da queima da cana, processo usado antes do corte. Hollanda disse que a associação é contra o uso do fogo, mas defendeu a proibição só a partir de 2016. Segundo ele, até lá a poda tecnificada vai permitir que a queima seja abandonada sem prejuízos à cadeia produtiva e à sociedade. Segundo ele, as máquinas ainda exigem um alto investimento e os trabalhadores precisam se qualificar para operar os equipamentos.

De acordo com o presidente da Associação, os investimentos em qualificação da mão-de-obra estão sendo feitos no Estado. O objetivo é realizar três mil cursos até o fim desse ano "Quando 100 pessoas perdem o emprego em uma usina de cana, gera-se outros 30. Contudo, esses são empregos fixos e com um salário melhor, diferente dos outros que clandestinos", afirmou.

Roberto Hollanda destacou a importância do etanol

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions