A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/03/2011 11:29

Pauta cheia no STF adia julgamento da lei do piso nacional dos professores

Aline dos Santos

O STF (Supremo Tribunal Federal) ainda não começou a julgar a Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra lei que criou, em 2008, o piso nacional o magistério.

O processo chegou a entrar em pauta no último dia 17, mas foi adiado devido ao grande volume de processos. A previsão é que a ação possa voltar à pauta na próxima semana.

A Adin foi impetrada em 2008 pelos governadores de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e do Ceará.

Além da constitucionalidade da norma, também foram questionados pontos específicos da lei como a regra de que um terço da carga horária do professor deverá ser reservada para atividades extraclasse, como planejamento de aula e atualização.

Esse dispositivo, principal contestação do governo de Mato Grosso do Sul, foi suspenso pelo Supremo. Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

Outra divergência está no entendimento de piso como remuneração mínima. Para os professores, o valor estabelecido pela lei deveria ser entendido como vencimento básico: as gratificações e outros extras não poderiam ser incorporados na conta do piso.

STF retoma hoje julgamento da lei do piso nacional dos professores
O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma hoje (17) o julgamento da lei que criou o piso nacional do magistério. Há dois anos, a Corte negou pedido de ...
Professores conseguem criação de comissão para negociar Piso Nacional
O governador André Puccinelli (PMDB) se comprometeu, na reunião com professores da rede estadual, a criar até o meio do ano, uma comissão para negoci...
STF julga no dia 17 ADI dos governadores
Ação Direta de Inconstitucionalidade questiona a carga horária.Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Diret...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...


Em quem confiar neste país. Os três poderes estão ficando cada vez menos confiável, escândalos pipocam em meio aos três poderes e nada é feito para punir os envolvidos,tudo acaba em pizza.
 
nilson franco de oliveira em 23/03/2011 01:21:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions