A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/09/2009 07:56

PF apreende 2,5 toneladas de pedra semi-preciosa na 262

Redação

A PF (Polícia Federal) apreendeu 2,5 toneladas de pedras semi-preciosas na BR-262, em Corumbá, cidade que fica a 426 quilômetros de Campo Grande. A apreensão aconteceu por volta de 17 horas de sexta-feira (18), mas foi divulgada somente nesta semana.

Os policiais faziam fiscalização na rodovia, nas proximidades do posto Lampião Aceso, quando abordaram o caminhão. Foi feita vistoria e o motorista não apresentou documentação de origem nem despacho aduaneiro das 2,5 toneladas de pirita.

Diante da situação, as pedras foram apreendidas. A PF irá investigar se as piritas são produto de contrabando ou se foram extraídas ilegalmente.

As pedras estavam meio a uma carga de borato, que estava com documentação legal. O borato não foi apreendido.

De acordo com a PF, uma pessoa de Corumbá contratou a transportadora para levar os minerais para outros Estados. O borato seguiu para São Paulo e as piritas seriam levadas para o Rio de Janeiro. O motorista e o gerente da transportadora foram ouvidos e em seguida liberados.

A pirita é processada e transformada em ácido sulfúrico, que é usado na fabricação de papel e na indústria em geral. O borato é um fertilizante.

Também pedras - Em agosto deste ano, uma embarcação carregada de 35 toneladas de pedras semi-preciosas naufragou no rio Paraguai, em Corumbá.

Antes disso, em junho, a Polícia Civil apreendeu, também em Corumbá, 700 quilos de pedras semi-preciosas. O caso é também investigado pela PF.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions