ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

PF detém índios candidatos que atacaram ônibus em Japorã

Por Redação | 04/09/2008 13:48

Quatro indígenas, sendo três candidatos a vereador, foram presos na manhã de hoje em Japorã e Tacuru, na região do Cone Sul do Estado. Eles são suspeitos de terem realizado o ataque a um ônibus escolar da prefeitura da cidade, no dia 11 de agosto, tendo mantido o condutor do veículo em cárcere privado por duas horas.

A PF (Polícia Federal) realizou a operação Porto Lindo e conseguiu cumprir quatro dos nove mandados de prisão. Foram detidos Eugênio Gonçalves, 23 anos, e Dionísio Homero, 35 anos, que são candidatos em Japorã, e Dílson Duarte Riquelme, de 44 anos, que é candidato a vereador em Tacuru. Também foi preso Hipólito Martins, de 27 anos.

Para as prisões foram usadas 13 viaturas e mais de 50 policiais. O restante das ordens de prisão não foi cumprido porque os outros suspeitos, ao notarem a movimentação policial, fugiram para o Paraguai, que faz fronteira com os dois municípios.

Os quatro detidos foram levados à delegacia da PF em Naviraí e depois de ouvidos foram encaminhados sob escolta ao Presídio Harry Amorim Costa, em Dourados. A polícia, no entanto, continua com as diligências na região, na tentativa de prender mais cinco indígenas.

Fato

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário