A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/09/2010 08:45

PF diz que não recebeu chamado para atender confronto

Redação

A Polícia Federal de Dourados disse que não foi comunicada do confronto entre índios e capangas de uma fazenda em Douradina. Hoje, por volta das 7h30, um grupo de 22 capangas atacou o acampamento Ita'y Ka'aguyrusu, local invadido pelos índios desde o dia 4 de setembro.

Os Guarani Kaiowá reivindicam a área e pedem estudos antropológicos na área. São cerca de 70 crianças, 90 mulheres e 100 homens no acampamento, totalizando 86 famílias.

O proprietário da área, que seria um japonês, também estaria no local e teria feito disparos de arma de fogo em direção aos índios. Capangas também teriam tentado bater em algumas das mulheres, com galhos de eucalipto.

O MPF (Ministério Público Federal) envia equipes ao local. O pelotão da PM em Douradina também disse que foi avisado, mas passou a ocorrência para os federais.

Esta é a 5ª vez que os índios são assediados pelos peões, desde o dia 4. Na primeira, no dia 6, os peões ameaçaram as famílias e, após a chegada da PF, houve um acordo entre os grupos.

Porém, os capangas voltaram a atacar poucos dias depois.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions