A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

29/09/2014 16:53

PF prende quadrilha que recrutava "mulas" para transporte de droga no intestino

Liana Feitosa
Foram cumpridos hoje dos seis mandados de prisão e outros seis de busca e apreensão. (Foto: Divulgação)Foram cumpridos hoje dos seis mandados de prisão e outros seis de busca e apreensão. (Foto: Divulgação)

Uma operação da PF (Polícia Federal) desarticulou uma quadrilha de tráfico internacional de drogas hoje (29) em ações em Corumbá, Aquidauana e Campo Grande.

Segundo a PF, o bando contava com bolivianos e brasileiros que pegavam cocaína na Bolívia e distribuíam a droga em São Paulo e no Rio de Janeiro a partir de Corumbá e Campo Grande.

A operação "Fim de Linha" apontou que o grupo criminoso recrutava pessoas para transportar a droga no intestino e em malas de viagem em linhas interestaduais de ônibus. Por isso a operação recebeu este nome.

De acordo com a investigação da PF, a quadrilha negociava, todos os meses, cerca de 100 quilos de entorpecente. Ainda no início das investigações, que começaram no final de 2013, seis prisões em flagrante foram feitas, além de apreenção de cocaína e desarticulação de um grupo de 15 envolvidos no tráfico internacional de drogas.

Hoje, foram cumpridos seis mandados de prisão e outros seis de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Corumbá. Foram presas cinco pessoas, entre elas, um casal de bolivianos responsável pelo fornecimento da cocaína que vinha da Bolívia. Também foram apreendidos celulares, documentos e extratos bancários que serão periciados.

Se condenados, os acusados podem pegar de 8 a 25 anos de prisão, cada um, por tráfico de drogas e associação para o tráfico.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions