A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

12/01/2011 21:21

PM aborda malabaristas em Campo Grande e diz que trabalho é preventivo

Fabiano Arruda
Policiais abordam artistas de rua para dizer que não podem atrapalhar o trânsito. (Foto: João Garrigó)Policiais abordam artistas de rua para dizer que não podem atrapalhar o trânsito. (Foto: João Garrigó)

Policiais militares começaram um trabalho de abordagem aos artistas de rua que se apresentam no trânsito de Campo Grande para alertá-los de que a atividade só será tolerada se não atrapalhar o fluxo de veículos.

Nesta quarta-feira, policais o malabarista Mário Sérgio, de 27 anos, por volta das 17h, na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Alagoas. Os policiais afirmam que se trata de uma abordagem de rotina e não o proibiram o proíbiram de se apresentar.

A orientação da PM é abordar os artistas de rua em toda a cidade como um trabalho preventivo. A justificativa é que alguns deles, segundo a corporação, podem ser dependentes químicos, foragidos da Justiça e também utilizar da atividade para praticar pequenos delitos. Esse tipo de abordagem tem sido realizado com frequência pelo 1º Batalhão, na região central, e pelo 9º Batalhão, nas proximidades do Shopping Campo Grande.

Para o malabarista, os policiais fizeram a abordagem motivada por alguma denúncia, que ele suspeita ser de comerciantes da região. Mario Sergio afirma que tem o direito de fazer sua apresentação no período em que o semáforo está fechado e que não pede dinheiro.

“O público que gosta do trabalho faz questão de contribuir”, conta. Minutos após a abordagem, ele voltou a se apresentar.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 23 milhões
Neste sábado (18) o último dos três sorteios da semana da “Mega-Sena dos Pais) pode pagar para um ou mais acertadores até R$ 23 milhões. Durante os o...
Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


Se fazem esse trabalho de rua para sustetar o vicio não sei..Mas prefiro ver estes artistas disfarçados pedindo dinheiro,do que eles entrarem na minha casa e roubarem o que eu tô levando algum tempo para obter...
 
Rozelaine Soares em 13/01/2011 12:09:24
Drogaditos sem futuro disfarçados de artistas. Em grande parte o fazem para sustentar o vício das drogas. Muitos realmente são foragidos de outros países e Estados. Se fosse gente séria, integraria grupos teatrais ou pontos de cultura. Acabam repassando o conhecimento para jovens locais que passam a fazer mesmo - sustentar o vício sob a desculpa de que está fazendo arte. Não dê esmola! Não incentive consumo e tráfico de drogas. Há vários grupos culturais na cidade. Quem realmente quer ser artista, procura. Parabéns à PM.
 
Paula Lima em 13/01/2011 08:04:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions