A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/06/2009 16:45

PM não consegue entrar no BB e denuncia constrangimento

Redação

O policial militar Neusivan Fonseca do Nascimento, 32 anos, não conseguiu entrar na agência do Banco do Brasil localizada na rua João Pedro de Souza, em Campo Grande, e denunciou o gerente à Polícia Civil por constrangimento ilegal.

Segundo boletim de ocorrência, o policial foi até a agência, onde é correntista, por volta de 11 horas, para fazer um saque no caixa automático. Como não conseguiu, pois já havia ultrapassado o limite de saque diário, tentou entrar no outro saguão da agência.

O militar estava fardado, com a tarjeta de identificação e com a arma do Estado cautelada a ele na cintura. Ao tentar passar pela porta giratória, a mesma travou. O segurança então pediu a carteira funcional dele.

Neuvisan explicou que estava sem porque a PM (Polícia Militar) não tem as folhas para confecção do documento. O segurança não o deixou entrar e então ele foi até o caixa eletrônico e imprimiu um comprovante, onde mostra que ele é policial militar e correntista do banco.

O militar mostrou o documento junto com outros de identificação, e o segurança então chamou o gerente da agência, Guilherme Teruyuki Kinjo. O gerente constatou que o policial era correntista da agência, e mesmo assim não o deixou entrar.

De acordo com o registro policial, o gerente então ligou para o Garras e passou o telefone para o militar. O Garras foi para o local, em atendimento à solicitação do gerente e verificou que Neuvisan era mesmo policial militar.

Ainda assim, o policial não pode entrar. O gerente acionou a Polícia Militar e somente após a chegada de uma viatura, é que Neuvisan teve a entrada autorizada.

Depois de toda a situação, o militar recusou-se a entrar e denunciou o gerente por constrangimento ilegal. Conforme boletim de ocorrência, o policial é lotado no Grupamento Aéreo e estava fardado porque estava em horário de serviço.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions