A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

19/06/2009 16:45

PM não consegue entrar no BB e denuncia constrangimento

Redação

O policial militar Neusivan Fonseca do Nascimento, 32 anos, não conseguiu entrar na agência do Banco do Brasil localizada na rua João Pedro de Souza, em Campo Grande, e denunciou o gerente à Polícia Civil por constrangimento ilegal.

Segundo boletim de ocorrência, o policial foi até a agência, onde é correntista, por volta de 11 horas, para fazer um saque no caixa automático. Como não conseguiu, pois já havia ultrapassado o limite de saque diário, tentou entrar no outro saguão da agência.

O militar estava fardado, com a tarjeta de identificação e com a arma do Estado cautelada a ele na cintura. Ao tentar passar pela porta giratória, a mesma travou. O segurança então pediu a carteira funcional dele.

Neuvisan explicou que estava sem porque a PM (Polícia Militar) não tem as folhas para confecção do documento. O segurança não o deixou entrar e então ele foi até o caixa eletrônico e imprimiu um comprovante, onde mostra que ele é policial militar e correntista do banco.

O militar mostrou o documento junto com outros de identificação, e o segurança então chamou o gerente da agência, Guilherme Teruyuki Kinjo. O gerente constatou que o policial era correntista da agência, e mesmo assim não o deixou entrar.

De acordo com o registro policial, o gerente então ligou para o Garras e passou o telefone para o militar. O Garras foi para o local, em atendimento à solicitação do gerente e verificou que Neuvisan era mesmo policial militar.

Ainda assim, o policial não pode entrar. O gerente acionou a Polícia Militar e somente após a chegada de uma viatura, é que Neuvisan teve a entrada autorizada.

Depois de toda a situação, o militar recusou-se a entrar e denunciou o gerente por constrangimento ilegal. Conforme boletim de ocorrência, o policial é lotado no Grupamento Aéreo e estava fardado porque estava em horário de serviço.

Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias
Ministério da Saúde faz um alerta aos viajantes neste fim de ano: manter a caderneta de vacinação atualizada é fundamental para ter uma viagem saudáv...
Ninguém acerta e Mega-Sena pode pagar R$ 48 milhões na terça-feira
A Mega-Sena acumulou mais uma vez e agora pode pagar R$ 48 milhões caso alguém acerte as seis dezenas que serão sorteadas na próxima terça-feira (18)...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions