A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

21/09/2017 07:10

PM preso por envolvimento em compra de carro roubado é 'tirado da rua'

A Corregedoria da Polícia Militar abriu sindicância para apurar o envolvimento de policiais militares na compra de um carro roubado

Viviane Oliveira
Polícia apura se policial militar está envolvido em compra de carro roubado (Foto: divulgação/PRF)Polícia apura se policial militar está envolvido em compra de carro roubado (Foto: divulgação/PRF)

O policial militar de Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande, preso na última terça-feira (19) na Capital por suspeita de envolvimento na compra de um carro roubado vai ser transferido para funções administrativas.

O PM foi ouvido pelo delegado Hoffman Dávila Cândido de Souza, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Ele pagou fiança de R$ 1.874 - o equivalente a dois salários mínimos - e foi liberado.

Segundo o tenente-coronel James Magno, comandante do 2º Batalhão da PM, o policial era lotado no Batalhão de Água Clara e fazia estágio para ingressar na Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), em Três Lagoas. 

“Estamos apurando o suposto envolvimento do policial por meio de procedimento administrativo, que terá prazo de 30 dias para ser finalizado podendo ser prorrogado. Até que isso ocorra, ele será transferido para Três Lagoas e atuará no setor administrativo, deixando assim, de atuar nas ruas”, disse o comandante em entrevista ao site JP News.

Um outro policial, lotado em Água Clara, também é investigado e deve ser transferido para o trabalho interno assim que retornar de férias. O nome dos militares não foi informado pela polícia.

Caso – A PRF (Polícia Rodoviária Federal) recuperou na noite de segunda-feira (18), no km 304 da BR-262, em Campo Grande, um veículo roubado em maio. Os policiais abordaram um Honda/Civic com placa aparente de São José do Rio Preto (SP), conduzido por um homem de 23 anos na companhia de outro de 24 anos.

O motorista não era habilitado e não apresentou a documentação do veículo. Em consulta ao sistema da PRF foi constatado que automóvel - com placa original de São Bernardo do Campo (SP) - tinha sido roubado. O condutor informou que havia ido buscar o carro para o cunhado, o policial militar. O passageiro foi apenas como companhia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions