A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/10/2009 15:34

PMA fecha serraria e aplica multas de R$ 194,5 mil

Redação

Em ações feitas no feriado prolongado, na chamada Operação Padroeira do Brasil, a PMA (Polícia Militar Ambiental) já autuou empresa pela exploração ilegal de madeira e fechou uma serraria que funcionava sem licença ambietal em Água Clara, município distante 200 quilômetros de Campo Grande. Na mesma cidade, uma serraria foi fechada e o total de multas arbitradas foi de R$ 194,5 mil.

A empresa Pradaria Agroflorestal Ltda, localizada na BR 262, na fazenda União, foi autuada por cortar 376 árvores sem autorização do órgão ambiental competente. A madeira foi apreendida e a atividade da empresa interditada.

Os policiais fizeram auto de infração administrativo e arbitraram multa de R$ 112.800,00. Os responsáveis também responderão por crime ambiental, e podem pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Ainda em Água Clara, os policiais fecharam a serraria pertencente a Wilmar da Silva Faria, que funcionava sem autorização ambiental. Na serraria havia 165 toras de madeiras de diversas espécies e madeiras serradas sem documentação de origem. A madeira foi apreendida, Faria foi autuado administrativamente e multado em R$ 81.700,00, além de responder pelo crime.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions