A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

02/07/2010 09:31

Polícia apreende roupa e avalia pedir prisão de suspeito

Redação

A Polícia Civil apreendeu peças de roupas do empresário Luiz Afonso Santos de Andrade, de 42 anos, marido da arquiteta Eliane Aparecida Nogueira, de 39 anos, que foi encontrada carbonizada na manhã de hoje. Suspeito, ele está detido, foi levado para o Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) e retornou à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

De acordo com o delegado Wellington Oliveira, o empresário não tem um álibi que o descarte como suspeito. O delegado avalia pedir prisão por flagrante ou prisão temporária.

Luiz foi encontrado pela polícia no escritório que mantém na empresa de iluminação, localizado na rua José Antônio, da qual é proprietário. Casado há dois anos e meio, ele estava rompido com a esposa há três dias e estava dormindo no escritório.

Após ele ser detido e levado para a Depac, a polícia voltou ao escritório e apreendeu uma camiseta, que estava molhada no tanque, duas calças e uma camisa. O empresário contou que foi a uma festa com Eliane na noite de ontem e descreveu a roupa que usava. As peças serão levadas para perícia. A polícia procura por vestígios como gasolina ou sangue.

Bastante calmo, Luiz nega envolvimento na morte da esposa. Eliane não tinha antecedentes criminais. Conforme o delegado, a família contou que o casal brigava muito e que o empresário poderia dizer que ela tinha problemas psiquiátricos. "Ele disse que as brigas eram constantes e que a Eliane era muito ciumenta". Em 2009, foi registrado um boletim de ocorrência por lesão corporal recíproca entre o casal.

O corpo de Eliane foi encontrado carbonizado no banco traseiro do Pólo (placas HSE-9256). O veículo, completamente destruído pelo fogo, estava na rua Manoel de Nóbrega, uma rua de terra na região do Tiradentes. O local é ermo, sem residências próximas.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por um morador da região por volta das 4h. Após o incêndio ter sido apagado, o corpo foi encontrado.

O empresário apresenta um arranhão no rosto, do lado esquerdo. Segundo ele, a marca foi o saldo de uma briga na noite de ontem com Eliane. A discussão teria ocorrido dentro do carro quando eles saíram da festa. O carro era conduzido pelo empresário.

As informações não foram dadas em interrogatório, mas em uma conversa com o delegado, que é titular da 4ª Delegacia e atende a área onde o corpo foi localizado.

Decisão do STJ ajuda na tramitação da reforma da Previdência, diz líder
O líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) disse hoje (20) que a suspensão, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), da decisão que impe...
Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar até R$ 20 milhões na terça
Nenhum apostador acertou os seis números sorteados deste sábado (20) e a Mega-Sena acumulou mais uma vez. No próximo sorteio, que será na terça-feira...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions