A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/07/2008 16:27

Polícia começa a desmantelar rinha de galos

Redação

A descoberta no último domingo do galpão onde eram realizadas rinhas de galo, em Campo Grande, levou a Polícia Civil a localizar criadouros das aves em diferentes pontos da cidade, a começar a desmantelar o esquema das rinhas e revelar como a jogatina funciona, com envolvimento de servidores públicos e até um militar.

Desde a prisão das quatro pessoas, a Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) já recebeu quatro denúncias. Até agora, cinco criadores já foram identificados como pessoas que "abastecem" as rinhas.

Uma das denúncias foi verificada na tarde desta quarta-feira, na Rua Alberto Lamengo, no bairro José Abrão.

No terreno, onde fica uma caixa d´água, os policiais encontraram 12 galos da raça índio e duas galinhas. Aves dessa espécie são conhecidas como galos de briga.

Foram apreendidas esporas, roupas colocadas nos animais para as rinhas e ainda equipamentos usados em galos de briga. Também foi encontrado no terreno um círculo de metal chamado rebolo, comumente usado para cercar as aves durante as brigas.

Galeria de fotos

O morador da casa, Sérgio Miranda Paschoal, disse foi detido em 28 de dezembro do ano passado por maus-tratos a animais. Apesar disso, alega que não promove rinhas, não freqüenta e que apenas cria galos.

Ele irá prestar depoimento nesta quinta-feira na Decat, que também hoje encontrou sete galos índio, em uma segunda operação no Jardim Canguru.

As aves estavam feridas e tinham esporas cortadas, o que configura a exploração dos animais em rinhas. Para definir o motivo que o leva a treinar os animais, Sérgio afirma que é movido pela "paixão".

Na segunda-feira a polícia localizou o total de 430 galos que seriam usados em rinhas em três chácaras que ficam na região do bairro Paulo Coelho Machado. Bairro em que fica a

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions