A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/09/2008 15:28

Polícia descarta surra e diz que bebê morreu asfixiado

Redação

O delegado Elton Campos Galindo, da DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), afastou qualquer possibilidade de maus tratos como causa da morte de um bebê de 49 dias, no domingo, no bairro Guanandi.

Segundo laudo do IML (Instituto Médico Legal), a criança foi asfixiada pelo leite materno. A menina Tamíris teria mamado e ao ser colocada no berço acabou se afogando e não foi socorrida a tempo.

Chegou a ser levantada suspeita de espancamento, o que foi completamente descartado pela Polícia Civil.

Mesmo assim, a investigação segue, para verificar as circunstâncias da morte.

Em depoimento, os pais Márcia da Silva, de 29 anos, e Djalma Ferreira, contaram que têm outros quatro filhos e que tinham saído de casa e deixado a menina sob os cuidados de um deles.

Quando retornaram, a criança já estaria roxa e foi levada ao Posto de Saúde. Médicos tentaram reanimar a menina, que não resistiu.

 

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions