A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/01/2008 07:04

Polícia flagra bebedeira e garotas de programa em prisão

Redação

Operação da Polícia Militar realizada desde às 5 horas desta segunda-feira na Colônia Penal Agrícola de Campo Grande flagrou o reprise de uma cena já vista em abril do ano passado: garrafas de bebidas, drogas e duas garotas que faziam programa com os presos no estabelecimento. A superlotação é apontada como um fator que dificulta a contenção das farras promovidas pelos presos.

Cerca de 150 policiais realizaram a operação esta manhã, entre 10º, 1º e 9º Batalhão, Cigcoe e Polícia de Trânsito. O coronel do 10º Batalhão, Daniel Benevides, disse que o número de detentos é um fato que dificulta a ordem: são 700, quando o espaço, afirma, não deveria abrigar mais de 80.

Além das duas garotas de programa, ambas maiores de idade, foram encontrados aparelhos celulares, bebidas e armas brancas. Também foram encontrados 84 papeplotes de droga, entre maconha e crack.

O problema da Colônia Penal Agrícola não é recente, mas somente no ano passado o governo e mobilizou para providenciar uma unidade mais adequada. Há um processo de licitação para a construção do novo prédio em andamento. Ele deve ser instalado no Jardim Noroeste, região que já abriga o complexo penal do regime fechado, na saída para Três Lagoas. A princípio seria na saída para São Paulo, mas a comunidade da região se mobilizou contra o presídio. O mesmo ocorreu com os moradores de bairros da saída para Três Lagoas, mas já está definido que o prédio será instalado nessa região.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions