A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/08/2014 21:19

Polícia indicia quadrilha que falsificava procurações para vender terrenos

Eduardo Penedo

Policiais da Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Defraudações, Falsificações) indiciou uma quadrilha que falsificava procurações para vender lotes de terrenos em Campo Grande. Os lotes eram negociados em média no valor de R$ 50 mil.


Na ação da Dedfaz, foram indiciados Ariel Ferreira, 29 anos, Josué Almada ,62 anos,e Josué Fernandes de Oliveira, 43 anos.

Segundo a delegada titular Dedfaz, Ariene Murad Cury, a quadrilha já havia falsificado procurações em três cartórios de Campo Grande. Os policiais descobriram que a primeira falsificação ocorreu em janeiro deste ano. Eles estavam vendendo lotes de terreno no bairro Nova Campo Grande e era vendido no valor de R$ 50 mil. Ela explicou ainda que os proprietários dos lotes não são moradores da Capital.

A delegada orienta ainda que a população tome cuidado ao comprar terrenos e lotes. Ela explica que tem que verificar a veracidades dos documentos e,principalmente, quando a venda for por meio de procuração e nunca efetuar depósitos sem checar os donos dos terrenos.

Ariene Cury argumenta que qualquer dúvida que a população tenha pode entrar em contato com a Dedfaz por meio do telefone 3318 9032.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions