A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/07/2008 13:30

Polícia ouve testemunhas de assassinato de diretor

Redação

A Polícia Civil ouve nesta segunda-feira testemunhas do assassinato de Walter Avelino, 42 anos, ocorrido na noite de sexta-feira (25) em um bar de Ponta Porã, cidade que fica a 334 quilômetros de Campo Grande. Walter era diretor do presídio da cidade.

De acordo com a polícia, essas testemunhas estavam no bar onde aconteceu o crime. Algumas não teriam reconhecido Juliano Correia Lima, 23 anos, e Daniel Aleixo Pereira, de 24, dois dos cinco suspeitos do assassinato.

O diretor foi morto após reconhecer um dos suspeitos, que entrou no bar para comprar um cigarro. Eles chegaram a conversar e então o rapaz chamou pelo comparsa, que já chegou atirando.

A dupla fugiu em uma motocicleta apoiada por três homens que estavam em um Vectra ou Astra. Ninguém foi preso até o momento.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions