A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/12/2010 16:27

Polícia prende irmãos que mataram homem na frente do filho

Fernanda França e Viviane Oliveira

Crime aconteceu em outubro, no Aero Rancho

Irmãos mataram caminhoneiro na frente do próprio filho. (Foto: João Garrigó).Irmãos mataram caminhoneiro na frente do próprio filho. (Foto: João Garrigó).

A Polícia Civil prendeu hoje de manhã, por volta das 8h, dois irmãos acusados de matar Antônio Inácio, de 31 anos, em outubro deste ano, em um bar do bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Anderson Vieira de Souza, de 29 anos, e Júlio Vieira de Souza, de 25, desferiram 16 facadas na vítima. O crime aconteceu no dia 14 de outubro, no “Bar dos Amigos”, que fica no cruzamento das ruas Tabajara e Graciliano Ramos.

Antônio Inácio foi esfaqueado na frente do filho de 6 anos, que foi até o bar com a mãe, de 24 anos, comprar uma bolacha. Com ciúme da ex-mulher, a vítima iniciou uma discussão com Anderson, que também já teve um relacionamento com a mesma mulher.

Júlio então tomou as dores do irmão e começou a agredir Antônio Inácio. Depois de tomar algumas facadas, a vítima ainda correu uns 120 metros, mas acabou caindo.

Júlio, Anderson e uma terceira pessoa que bebia cerveja junto com os irmãos teriam ido até o local e terminado de matar Antônio. As primeiras facadas ainda no bar foram presenciadas pela criança.

Júlio diz que as facadas foram desferidas por ele com a ajuda desta terceira pessoa, e que seu irmão não participou do assassinato. Anderson confirma e alega que apenas trocou agressões com a vítima.

Entretanto, o delegado Márcio Shiro Obara, do 5º DP, não acreditou na versão. Para ele, é muito mais cômodo para Júlio culpar um terceiro do que responsabilizar seu próprio irmão.

Antônio era caminhoneiro e não tinha passagem pela polícia. Já os dois irmãos tem registro negativo por porte ilegal de arma de fogo.



Obrigada aos policiais que trabalharam na investigação. E ao delegado. Assim acreditamos um pouco mais na justiça.
Mas tbm confio na justiça divina essa sim sera feita.
Obrigada Senhor Deus por iluminar o caminho dos policiais ate encontrar esse individuos.
Todos nos agradeçemos.
 
ROSILENE SILVA em 12/12/2010 09:47:51
ASSASSINOS TEM QUE FICAR PRESOS!
NÃO TINHA O DIREITO DE TIRAR A VIDA DE UM PAI DE FAMILIA,UM TRABALHADOR,
TEM QUE MUDAR ESSA LEI DE QUE SÓ FICA PRESO SE OUVER FLAGRANTE.
SÃO BANDIDOS, TEM QUE IR PARA CADEIA SÃO UMA AMEAÇA A SOCIEDADE!
 
Ana cristina silva ramos em 11/12/2010 12:38:37
Tenho lido aqui neste "site de noticias" um punhado de informações sobre crimes de toda ordem. Não vejo ninguém elogiar a policia do estado pelo fato de ela tem resolvido muitos caso - prendendo os criminosos. Na verdade, a nossa Policia é eficiente mesmo NÃO TENDO um salário Justo! A Policia para não cair na corrupção precisa de bom salário e material técnico de ponta para solucionar os crimes. O que a sociedade precisa agora é se mobilizar quanto a mudanças das leis. Enviar e-mail para os políticos do Congresso Nacional exigir mudanças nas leis e mudanças no sistema prisional. Um absurdo as mordomias, e admitir que da prisão o interno comande crimes e faça negociações no crime organizado.
Precisamos rediscutir a pena maior para menor infrator - melhorar o processo de medidas sócio educativas. É revoltante ler noticias de crimes cometidos por menores , e mais revoltante ainda saber que apenas por ser "menor de idade" os infratores fazem o que querem aqui no Brasil... Como educador, ainda lidando com crianças e jovens, acho e sou favorável reduzir a idade penal. A maioridade penal, também conhecida como idade da responsabilidade criminal, é a idade a partir da qual o indivíduo pode ser penalmente responsabilizado por seus atos. Hoje, com todas as informações um jovem de 16 anos já sabe a dimensão de seus atos inconseqüentes...
Em alguns países, o indivíduo abaixo da maioridade penal está sujeito, a partir de certa idade, a punições mais leves, como detenções ou internações em instituições correcionais ou reformatórios. A maioridade penal não coincide, necessariamente, com a maioridade civil, nem com as idades mínimas necessárias para votar, para dirigir, para trabalhar, para casar, etc...MUDANÇAS DAS LEIS - JÁ!
 
Prof. Janio Batista de Macedo em 11/12/2010 09:57:08
Isso acontece por que as autoridades se preocupam em transformar o Brasil em um país de primeiro mundo !!!!!!!!!!! E assim vamos vivendo de fachada..........
 
marcelo guimaraes da silva em 11/12/2010 09:03:22
OS POLITICOS NÃO MUDAM AS LEIS RETRÓGRADAS, ELES DORMEM NOS LIVROD DE DIRETO PENAL ALTAMENTE ULTRPASSADOS, ATÉ QUANDO? ATÉ QUANDO? CAMPO GRANDE NÃO TEM SEGURANÇA, FALTAM POLICIAIS MILITARES E TAMBÉM CIVIS, ATÉ QUANDO? ATÉ QUANDO? ATÉ QUANDO?
 
LUIS CLAUDIO em 10/12/2010 08:33:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions