A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

27/02/2018 14:42

Polícia testa aviões para comprovar falha em manutenção

Em 2015 falha na manutenção pode ter causado acidente envolvendo aeronave de empresário

Guilherme Henri
Delegada Ana Claudia Medina e equipe fazendo testes em aeronave (Foto: Divulgação)Delegada Ana Claudia Medina e equipe fazendo testes em aeronave (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil testou um avião na manhã desta terça-feira (27) para tentar comprovar se um acidente aéreo ocorrido em 2015 foi por falha na manutenção. Os testes foram realizados no Aeroporto Teruel, na Capital e fazem parte de mais uma fase da operação “Ícaro” desencadeada pela Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado).

Conforme a titular da delegacia Ana Cláudia Medina, a aeronave acidentada em 2015 pertence ao empresário Antônio João. Na época, a informação era de que o fato ocorreu devido a erro do piloto, porém no ano passado denúncias revelaram que uma falha na manutenção pode ter causado o acidente.

“A aeronave PTL55 do empresário foi apreendida no final do ano passado para ser periciada. Agora utilizamos um avião semelhante para fazer testes. As informações serão confrontadas e podem ou não acusar que o acidente em 2015 foi causado por falha na manutenção feita por uma das oficias investigadas na operação”, explica.

Acidente – Em 2015, depois de passar por manutenção a aeronave PTL55 fez um vôo teste. Porém, no pouso o trem de pouso apresentou problema e o avião acabou pousando de “barriga” na pista. Ninguém chegou a se ferir.

Operação – No final do ano passado, quatro pessoas foram presas na fase da operação denominada Vastum (sucata). O objetivo foi o de desarticular quadrilha que utilizava peças ilegais em manutenção de aeronaves.

Além disso, foram apreendidas três aeronaves: a do empresário da Capital, a que transportou o casal Luciano Huck e Angélica e outra. No total, foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions