A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/12/2015 18:29

Policiais do Choque finalizam capacitação para atuarem em situações de risco

Michel Faustino
20 militares foram preparados durante 30 dias para atuarem em situações de tumultos e violência generalizados, utilizando técnicas específicas para manter a ordem. (Foto: Divulgação)20 militares foram preparados durante 30 dias para atuarem em situações de tumultos e violência generalizados, utilizando técnicas específicas para manter a ordem. (Foto: Divulgação)

Policiais militares do BPChoque (Batalhão de Choque da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) participaram nesta terça-feira (15) da formatura alusiva ao encerramento do III Curso de Operação de Controle de Distúrbios Civis. 20 militares foram preparados durante 30 dias para atuarem em situações de tumultos e violência generalizados, utilizando técnicas específicas para manter a ordem.

O comandante do Batalhão de Choque, tenente-coronel Marcos Paulo Gimenez, destaca que o curso teve mais de 360 horas aulas, com disciplinas que vão de direito penal e processual penal a defesa pessoal e uso progressivo e moderado da força.

“A nossa função foi trazer ao policial militar capacitação necessária para evitar que vidas se percam e desempenhar um serviço de qualidade, como fizemos por exemplo durante os protestos e ocupações realizadas nos últimos tempos, onde não precisamos efetuar nenhum disparo”, disse.

O Comandante Geral da Policia Militar do Mato Grosso do Sul, coronel Deusdete Oliveira, ressaltou em seu discurso durante a solenidade, que o trabalho desenvolvido no Estado tem se tornado referência em todo o país, principalmente pela destreza e preparo dos militares que integram as unidades especializadas, a exemplo do BPChoque.

“Fizemos inúmeras desocupações sem disparar um tiro sequer, nós já realizamos mais de 19 incursões em presídios do Estado sem que delas originassem motins ou rebeliões”, disse o comandante.

O encerramento do curso foi realizado na Universidade Estácio e contou com a presença dos 20 policiais militares formados do BPChq, familiares e ainda contou com as presenças do Comandante Geral da Policia Militar do Mato Grosso do Sul Coronel QOPM Deusdete Souza de Oliveira Filho,Comandante de Policiamento Especializado, Coronel André Luiz Saab, Comandante do Batalhão de Choque Ten. Coronel Marcos Paulo Gimenez e de oficiais da Polícia Militar, Procurador Municipal Dr Luciano Martins, Policiais Rodoviário Federal, Peritos Papiloscopista, Oficial da Polícia do Exército Brasileiro e do vice-presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Região Central e demais autoridades presentes.



Vale lembrar que; ADELAIDO LUIZ VILLA, É Presidente do Conselho Comunitário de Segurança da área Central. E não vice presidente como foi descrito na matéria.
 
josé luiz kreutz em 15/12/2015 22:24:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions