A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/04/2009 13:42

Policiais querem aumento de 18% e ameaçam paralisação

Redação

Policiais civis e militares defendem que valorização salarial da categoria atinja em cinco anos 60% do rendimento inicial de um delegado, atualmente de R$ 7,2 mil. Para que o projeto se concretize, será necessário reajustar o salário em 18% a cada ano. A proposta será apresentada amanhã ao governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), e, caso não seja acatada, os policiais farão paralisações a partir de 29 de abril.

De acordo com o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Paulo Flávio Carvalho, em assembléia feita hoje, ficou decidido que o Fossep (Fórum Permanente dos Servidores da Segurança Pública) também irá respeitar as peculiaridades de cada categoria envolvida na negociação: policiais civis, militares e agentes penitenciários.

Eles também cobram que o reajuste da classe seja baseado no IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial) e delimitaram como prazo para o fim das negociações o dia 27 de abril, já que a data-base da categoria é 1º de maio.

Hoje foi aberta a assembléia-geral permanente. Amanhã, os líderes sindicais definirão o horário para entregar a proposta ao governador, provavelmente à tarde.

Segundo Carvalho, caso as reivindicações não sejam aceitas, policiais civis e militares, além das esposas, sairão em "marcha" dia 29 de abril para o prédio da Governadoria, onde ficarão sentados cobertos por guarda-sóis, como forma de protesto. Somente serviços essenciais serão mantidos nas unidades de segurança pública com efetivo reduzido.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions