ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Cidades

Policial foi preso tentando descontar cheque do resgate

Por Redação | 01/09/2008 16:27

Preso hoje por suposto envolvimento no seqüestro do fazendeiro Américo Botelho Vieira, de 91 anos, o policial paraguaio Lorenzo Merenciano Romero, de 23 anos, foi pego ao tentar descontar um cheque com a assinatura do produtor rural, usado no pagamento de parte do resgate.

O policial, que pertence à Polícia Nacional paraguaia, foi ao banco BBVA, em Pedro Juan Caballero, na intenção de trocar por dinheiro um cheque no valor de 30 milhões de guaranis, equivalente a R$ 12,5 mil, que segundo ele, o próprio Botelho entregou aos seqüestradores.

Romero afirmou à polícia paraguaia, que cuida da investigação, que o fazendeiro pagou o resgate com dois cheques, sendo que a segunda lâmina seria do montante de 50 milhões de guaranis, ou seja, R$ 22 mil.

O suspeito disse, ainda, que recebeu o cheque de um homem conhecido como

Nos siga no Google Notícias