A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/08/2009 11:02

Prefeito entrega 1º de 3 pontos de integração na Capital

Redação

A prefeitura inaugurou nesta segunda-feira o primeiro ponto de integração do transporte coletivo em Campo Grande, de 3 empreendimentos desse tipo previstos para a Capital. A entrega à comunidade é parte das comemorações dos 110 anos da cidade.

Os investimentos foram garantidos em 2006, como parte do acordo para renovação do contrato de concessão dos serviços. O primeiro deveria estar pronto em novembro de 2008, mas o atraso na contrução adiou a entrega em 9 meses.

Há 3 anos, a Assetur (Associação de Empresas de Transporte Urbano) liberou R$ 10 milhões para as 3 obras: uma na Joaquim Murtinho, entregue hoje, outra no bairro São Francisco.

Um terceiro ponto será na avenida Tamandaré, no cruzamento com a Euler de Azevedo, próximo a UCDB. A estrutura nesse local será maior, com 10 linhas e previsão de 18 mil usuários.

"Inauguramos hoje o primeiro de muitos que ainda virão", lembrou o prefeito Nelsinho Trad.

O custo da obra foi elevado, avalia o secretário de Infra-Estrutura, Antônio de Marco, porque foi preciso retirar rede de água, telefonia e postes de alta tensão, além de concretar todo o piso para suportar o tráfego.

"Mas tinha de ser aqui nessa região, apontou pesquisa", justifica De Marco.

Quem utilizar o ponto, vai pagar apenas uma passagem, desde que embarque em outros veículos no período de uma hora. No entando, isso só vale para quem tiver cartão.

Os dois pontos normais, que ficam na região do Hércules Maymone, serão desativados.

Números - Atualmente, o sistema de transportes de passageiros de Campo Grande é composto por 156 linhas operadas por cinco empresas. O sistema tem 535 veículos e uma média de 230 mil passageiros por dia.

A obra inaugurada hoje fica em frente à Escola Estadual Hercules Maymone e custou cerca de R$ 2 milhões, com a previsão de receber 15 mil passageiros diariamente. No horário de pico serão mil passageiros, na previsão da Agetran.

São 50 veículos transitando, em nove linhas, com 40 viagens em média, por hora.

O terminal Avedis Balabanian também recebeu sinalização especial para pedestres em toda a região, com faixas e conjunto semafórico na rua Joaquim Murtinho.

A construção dos terminais é resultado de trabalho de consultoria feito pela empresa Logitrans, contratada pela Assetur para verificar alterações nos itinerários, além da necessidade de ampliação e os locais ideais para a instalação de pontos de integração.

Integrado - O novo ponto vai integrar linhas que atendem também bairros novos, como Serraville e os ônibus 070 - Bandeirantes/ General Osório, 075- Guaicurus/ BR-262; 076 - Aero Rancho/ Hércules Maymone; 514 - Tiradentes, 515 - Arnaldo Estevão de Figueiredo; 516 - Maria Aparecida Pedrossian

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions