A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

12/05/2009 08:31

Prefeitura vai controlar gastos com telefone e contratos

Redação

A prefeitura de Campo Grande vai controlar gastos com telefonia, combustível e contratos. A função será exercida pela "Comissão de Monitoramento e Gestão de Serviços Corporativos", instituída pelas secretarias de Administração, e Planejamento, Finanças e Controle.

De acordo com a resolução, publicada no Diário Oficial do município, deverão ser aplicados mecanismos que permitam o ressarcimento de ligações interurbanas que não estejam relacionadas com o serviço.

Para celulares, será estabelecido o valor máximo de gastos, sendo o excedente ressarcido. Os valores gastos a mais serão descontados em folha, mediante autorização do servidor.

O controle sobre o uso de combustíveis prevê a criação de uma cota de consumo, fixada pela Secretaria de Administração a cada 15 dias.

Já os guardas municipais e vigias serão responsáveis pela vistoria diária das instalações, além de verificação de luzes acesas, equipamentos ligados, torneiras ou descargas abertas ou pingando.

Contratos - A comissão também deverá "controlar, acompanhar, monitorar e supervisionar a prestação dos serviços contratados de uso comum aos órgãos e entidades do Poder Executivo".

O que inclui serviços de terceiros: administrativos, informática e limpeza; serviços públicos concedidos: água, esgoto, energia elétrica e telecomunicações; serviços de correios, malotes e reprodução de documentos; fornecimento de refeições e tíquetes, fornecimento de vale-transporte; locação de bens móveis e imóveis; e aquisição de combustíveis.

A comissão, formada por cinco pessoas, terá autonomia para pré-estabelecer condições financeiras para repactuação de preços, independente do órgão ou entidade contratante.

O conselho será formado por representantes da secretaria de Administração; Planejamento; Desenvolvimento Econômico e Agronegócio; e Infraestrutura, Transporte e Habitação.

Economia

Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions