A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/10/2011 10:18

Preso em operação do Gaeco já havia sido expulso da PM

Ângela Kempfer e Nadyenka Castro
Policiais civis chegam com presos e cigarros apreendido. (Foto: Pedro Peralta)Policiais civis chegam com presos e cigarros apreendido. (Foto: Pedro Peralta)

O ex-policial Cleber de Queiroz, de 36 anos, é um dos presos na manhã de hoje pelo Gaeco, em operação contra quadrilha que facilitava passagem de contrabando vindo do Paraguai.

Prestes a ser promovido, ele era soldado quando foi expulso em 2008 pelo comandante da corporação, após sindicância instalada em Sidrolândia.

Cleber recorreu, mas em março de 2011 a Justiça Militar negou a volta dele aos quadros da Polícia Militar.

Poucos nomes foram divulgados até agora pela Operação. Entre os presos estão José Rebelo Neto e o dono de uma borracharia em Campo Grande, identificado como Rinaldo, mas conhecido como Zinaldo.

Na borracharia dele, no primeiro semestre deste ano, foram apreendidos 70 pneus contrabandeados.

Há pouco, uma mulher e outro homem, identificado como Edson Carlos, chegaram à sede do Gaeco. Ela em um Gol vermelho e ambos escoltados por policiais. De dentro do veículo foram retiradas sacolas com cigarros e brinquedos apreendidos.

Desde fevereiro, o Ministério Público investiga denúncias contra crimes cometidos por servidores e também civis de Sidrolândia.

Também são cumpridos 34 mandados de busca e apreensão domiciliar, 9 mandados de busca e apreensão de veículos.

A operação é realizada nas cidades de Campo Grande, Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti e em Rondonópolis.

Os policiais presos são encaminhados para Corregedoria da PM.



Isso limpeza neles!
Temos que limpar nossa farda de maus elementos.
Boa gaeco!!
 
gilson cesarr em 24/10/2011 01:42:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions