A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

18/12/2018 11:49

Preso por 41 golpes é condenado por “roubar” hospital de dentro da cadeia

O estelionatário confessou o crime e o colega de cela admitiu ter recebido R$ 100 para “emprestar” as contas bancarias de seus familiares para os depósitos do dinheiro do golpe

Anahi Zurutuza
Valfrido Gonzales dando entrevista numa das vezes que foi preso (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Valfrido Gonzales dando entrevista numa das vezes que foi preso (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

Estelionatário conhecido em Mato Grosso do Sul, Valfrido Gonzales Filho foi condenado novamente. Ele tem contra si ao menos 41 acusações de estelionato e neste processo foi sentenciado a mais 2 anos de prisão por se passar por diretor de hospital e desfalcar o caixa da instituição em R$ 1,7 mil.

Consta nos autos da ação judicial que o crime foi cometido no dia 24 de outubro de 2012. Valfrido ligou para o Hospital São Luiz, em São Paulo (SP), se passou por um dos diretores da instituição e induziu uma funcionária a fazer três depósitos em contas da Caixa Econômica Federal fornecidas por colega de cela do estelionatário no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o presídio de segurança máxima de Campo Grande.

O saque dos valores depositados, ainda conforme a acusação, foram feitos pela mãe e ex-mulher de Valfrido.

O estelionatário confessou o crime e o colega de cela admitiu ter recebido R$ 100 para “emprestar” as contas bancarias de seus familiares para os depósitos do dinheiro do golpe, mas disse que não sabia que se tratava de dinheiro oriundo de golpe. O interno que forneceu as contas foi absolvido por falta de provas. 

Já Valfrido, além da pena de reclusão, terá de pagar multa de R$ 3,3 mil e devolver os R$ 1,7 mil e ainda as custas processuais. O réu tem direito a recorrer em liberdade, mas conforme anotou o juiz Roberto Ferreira Filho anotou que Valfrido continua preso por outros crimes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions