A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/03/2009 11:02

PRF admite que gravação pode ter sido feita por policial

Redação

O superintendente da PRF (Polícia Rodoviária Federal) Valter Aparecido Favaro, admitiu nesta segunda-feira, que a gravação das declarações de Ademar Pereira Mariano, divulgadas na imprensa, pode ter sido feita por um policial.

Segundo ele, uma comissão composta por três policiais irá apurar as circunstâncias da gravação e divulgação das declarações de Ademar, feita logo após ele ter sido preso, na BR-262, em Terenos, na noite de sábado (14). A comissão tem 60 dias para terminar os trabalhos.

O superintendente explica que o policial é autorizado a fazer gravações, para se resguardar, no entanto, a divulgação tem que ser feita somente com anuência dele. Neste caso, conforme Favaro, não houve autorização.

De todos os policiais que estavam no posto no dia da prisão, que serão ouvidos pela comissão, somente Wolney de Almeida, de 52 anos, foi tirado do serviço nas rodovias. Ele agora está no serviço administrativo e responde sindicância.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions