A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/03/2012 23:33

Professor que parar terá que repor aulas, avisa governador

Jeozadaque Garcia e Wendell Reis
Puccinelli deixou recado aos professores. (Foto: Marlon Ganassin)Puccinelli deixou recado aos professores. (Foto: Marlon Ganassin)

Os professores de Mato Grosso do Sul que pararem suas atividades amanhã e depois de amanhã terão que repor as aulas para que não tenham corte nos pontos, disse nesta terça-feira (13) o governador André Puccinelli (PMDB). A paralisação em âmbito nacional, organizada pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), cobra valorização profissional para a classe.

Segundo André, uma reunião com a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) já foi feita e os representantes da classe já tem data marcada para uma audiência com a secretária de Estado de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa.

De acordo com a Fetems, mais de 80% das redes públicas de todo o Estado vão parar suas atividades durante os três dias. A principal reivindicação da categoria em Mato Grosso do Sul é o cumprimento da Lei do Piso Nacional na íntegra. De acordo com a entidade, o Estado paga o piso, mas não concede 1/3 de hora-atividade.

Conforme a programação das manifestações, amanhã devem ocorrer panfletagens e passeatas em todos os municípios sul-mato-grossenses. Em Campo Grande, a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa se reúne comissão da greve nacional da Fetems às 14h na própria Assembleia.

No dia seguinte, os trabalhadores fazem uma passeata a partir das 8h na Praça do Rádio Clube. Durante a tarde, os manifestantes realizam a entrega do prêmio “Prefeito Educador”, em homenagem às prefeituras que cumprem a Lei do Piso Nacional na íntegra. A solenidade acontece às 15h30, na sede da Fetems.

Só 11 municípios de MS cumprem piso salarial dos professores, diz Fetems
Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul apenas 11 cumprem integralmente o ranking salarial dos professores que atuam na rede municipal e estadual. A ...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


Credo, Denise Ghiselli! Manda orientar a secretária da escola onde você trabalha! Pede pra ligar lá no setor de RH da mantenedora que eles explicarão tudinho! É tão simples! Nunca deixei de receber um atestado/reposição. Tanto na REME como na SED... É sério! você vai receber, Denise! A Direção também tem essa informação... Vá em busca.
 
Sueli Lima em 15/03/2012 08:24:17
É ISSO AÍ, ANDRÉ O POVO LHE ELEGEU, PARA ADMINISTRAR, NÃO ACEITAR VANDALISMO, HOJE PROFESSORES, VOCÊS ESTÃO DE PARABENS, PELA PROFISSÃO ESCOLHIDA, ZELE DELA, SE ESPECIALIZE, E LEMBREM-SE QUE VOCÊS TAMBÉM PAGAM OS VOSSOS SALÁRIOS, POIS O CONSUMIDOR É O PAGADOR DE IMPOSTOS, PORTANTO, AJUDEM NOS A COBRAR O CUSTO BENEFÍCIO, SEJAM CANDIDATOS, SE ELEJAM, O BRASIL, ESPERA POR PROFESSORES NA ADMINISTRAÇÃO
 
PEDRO BRAGA em 14/03/2012 07:57:45
Mas o q ele (André) ta reclamando sobre reposiçao de aulas? Professor é a unica classe que mesmo com atestado médico precisa repor as aulas. Se o professor tem uma indisposição vai ao medico e leva para escola o atestado com certeza num sábado proximo ele está lá repondo as aulas q não deu por estar doente e ter legalmente sua dispensa médica. E com detalhe, sem receber pela reposição.
 
Denise Ghiselli em 14/03/2012 06:30:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions