A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/01/2014 15:05

Professores de escolas particulares devem pedir até 10% de reajuste salarial

Luciana Brazil

No próximo dia 8 de fevereiro, professores e funcionários de escolas particulares de Mato Grosso do Sul vão realizar uma assembléia geral para definir a porcentagem do reajuste salarial que a classe vai reivindicar junto ao sindicato patronal.

O valor pode chegar a 10%, segundo o presidente da Fitrae MS/MT (Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino dos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), Ricardo Martinez Froes.

O piso salarial deve ser aprovado com ganho real, acima do acumulado da inflação dos últimos 12 meses que antecedem a data base, que é 1° de março.

“Vamos fazer a assembleia geral para definir a porcentagem, mas deve ficar em 10%, até porque a presidente Dilma (Rousseff) reajustou o salário mínimo 6,78%”, explicou Ricardo.

“Precisamos do comparecimento maciço de professores e funcionários de escolas particulares de Mato Grosso do Sul nessa assembléia geral, pois somente com o apoio e a força de todos, conseguiremos avançar cada vez mais nas negociações com a classe patronal”, afirmou o presidente do Sintrae/MS (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul), Eduardo Botelho.

A Assembléia Geral para discutir a pauta de negociação será na nova sede do sindicato, no clube de campo da entidade, situado na Rodovia MS 080, KM 01, a 200 metros antes do DETRAN/MS (lado direito da rodovia).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions