A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/12/2013 19:55

Professores reivindicam 20h e paralisam 325 escolas nesta terça-feira

Filipe Prado

A paralisação dos trabalhadores em educação da Rede Pública Estadual foi confirmada para esta terça-feira (03). Os professores farão uma mobilização, em Campo Grande, para reivindicar a proposta que integraliza o piso salarial de 20 horas em oito anos.

Segundo o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul), Roberto Magno Botareli Cesar, cerca de 90% das 362 escolas do estado irão aderir a paralisação. 72 sindicatos, de 74 municípios, também apoiam o movimento.

“Amanhã às 8h iremos nos encontrar na sede da Fetems, para decidir como será feita a mobilização aqui em Campo Grande”, relata o presidente.

Reivindicação - A Fetems reivindica a proposta do Governo de atender o pedido de redução de carga horária, de 40 horas, para 20h, com o mesmo piso salarial, mas somente após oito anos. 

Reivindicação - A Fetems reivindica a proposta do Governo de atender ao pedido de redução de carga horária, de 40 horas, para 20h, com o mesmo piso salarial, mas somente após oito anos. O piso nacional de 40 horas é de R$ 1.567. Em Mato Grosso do Sul, os professores recebem R$ 2.172 para 40 horas.

O Campo Grande News entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Sede (Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso do Sul), mas até o fechamento desta reportagem não obteve retorno.

Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...


É isso aí professores, enquanto vocês não forem valorizados como deveriam pois é o professor que forma as demais profissões sem ele não existem médicos, governadores, presidentes, etc. O professor deveria ser a profissão mais bem remunerada e atendida com melhores recursos como/ sala com 18 alunos, ar-condicionado, internet, Datashow, microfone(para cuidar da voz), quadro branco com pincel(chega de engolir o pó de giz!!!!) etc. Ora em muitas repartições os ditos funcionários têm o maior luxo, querem um exemplo? a Cassems que por sinal boa parte do dinheiro do luxo vem do suor dos profissionais na educação que convivem com muitos estudantes violentos e indisciplinados, muda Brasil vamos apoiar nossos professores!!!
 
meireane Arruda Lins em 02/12/2013 21:13:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions