A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/03/2008 09:14

Programas deixam de fora 82 mil miseráveis em MS

Redação

Os programas de transferência de renda do governo deixam de fora 82 mil famílias que vivem em condição de miséria em Mato Grosso do Sul, ou seja, têm rendimentos inferiores a meio salário mínimo per capita, conforme pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro Geografia e Estatística). Ao mesmo tempo o Estado tem o maior número de famílias fora da situação de pobreza que estavam incluídas em algum tipo de programa.

Dos 689 mil domicílios no Estado, 139 mil, com 475 mil pessoas, estavam contemplados em programas de transferência no ano de 2006, ou seja, 20%. Destes, 42% estavam na faixa de miséria, 38% eram lares cuja renda familiar era entre ½ e menos de um salário mínimo e havia quase 20%, ou seja, 28 mil domicílios, que recebiam os benefícios mesmo com uma renda per capita de um salário mínimo ou mais. O percentual de famílias com melhores condições financeiras que recebiam os benefícios em Mato Grosso do Sul era o maior do País. Isso ao passo em que 82 mil famílias na faixa de miséria não tinham o benefício e outras 146 mil cujo rendimento é entre ½ e menos de um salário mínimo também estavam de fora.

O Estado brasileiro que mais recebeu transferência de renda foi Roraima com 50% da população atendida e Santa Catarina o que menos recebeu, 5,8%. Os Estados do Norte e Nordeste são os que predominam dentre os atendidos. No ranking nacional Mato Grosso do Sul é o Estado com o 7º menor percentual de famílias na condição de miséria, 20,3%.

A pesquisa mostrou ainda que o trabalho infantil, embora tenha reduzido, persiste. Em 2006 cerca de 62 mil crianças e adolescentes com idades entre 5 a 17 anos exerciam algum tipo de trabalho, um número que em quatro anos caiu apenas 5% apesar de programas como o PETI, criados para erradicar o trabalho infantil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions