A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/02/2010 09:36

Protesto por mais segurança para ônibus por 15 minutos

Redação

Os funcionários do transporte coletivo paralisaram os ônibus por 15 minutos nesta sexta-feira, no entorno da praça Ary Coelho, para protestarem contra a falta de segurança.

Na última quarta-feira, um motorista foi esfaqueado em um assalto no bairro Serradinho. Hoje, o protesto reuniu cerca de 50 pessoas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo, Demétrio Ferreira de Freitas, a categoria tentou resolver a questão no "diálogo", mas como não teve resultados em relação a segurança, decidiu pela paralisação. "São mais de 3 assaltos por dia, 106 só em janeiro".

Segundo a Assetur (Associação do Transporte Coletivo Urbano) foram 580 assaltos no ano passado.

Presente ao local, o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, agendou reunião com os trabalhadores para a próxima segunda-feira.

Conforme Rudel, a expectativa da prefeitura era que a instalação de câmeras coibisse os assaltos no interior do ônibus. Na Capital, 212 veículos têm câmeras.

Contudo, comparativo entre os anos de 2008 e 2009 apontam que a violência é crescente. "O [prefeito] Nelsinho já determinou que seja feito um mapeamento da violência no transporte coletivo dos bairros", salienta.

De acordo com o tenente Maurício Flores, do 1º Batalhão da PM (Polícia Militar), desde a noite de ontem estão sendo realizadas blitz específica no transporte coletivo.

O presidente do sindicato da categoria diz que essa foi apenas a primeira paralisação. "Caso não resolvam, vamos parar por tempo maior. Nem câmera inibe mais bandido", lamentou Demétrio.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions