A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

21/07/2008 10:36

Provas discursivas do concurso para juiz serão de 1º a 3

Redação

As provas discursivas para o concurso de juiz do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul foram marcadas para os dias 1º, 2 e 3 de agosto na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), que fica na Avenida Tamandaré, 6000, no Jardim Seminário, em Campo Grande.

A informação está na edição desta segunda-feira do Diário da Justiça, onde consta também a relação dos candidatos habilitados para essa segunda fase.

A primeira prova consta na elaboração de um texto que aborda Direito Constitucional, Civil, Processual Civil, Comercial, Administrativo, Tributário e Organização Judiciária. A segunda prova consistirá na elaboração de um texto nas áreas de Direito Penal, Processual Penal, Consumidor, Ambiental, Direitos Difusos e Coletivos, Direito da Infância e Juventude e Direito Eleitoral.

Já a terceira consistirá na lavratura de uma sentença sobre matéria cível ou penal, sorteada na hora da realização da prova, com problemas de direito material e processual.

A prova discursiva terá duração de cinco horas e cada uma vale dez pontos. Deverá ser feita pelo próprio candidato, com letra legível e caneta esferográfica de tinta azul ou preta.

Estarão eliminados do concurso aqueles que não obtiverem nota igual ou superior a cinco em cada uma das provas discursivas. A próxima fase do concurso será a prova oral.

Estão disponibilizadas 22 vagas, das quais três serão destinadas aos candidatos portadores de deficiência. O salário é de R$ 18.957,64.

Os aprovados, nomeados e empossados serão inscritos na Escola Superior da Magistratura para curso preparatório, com duração de três meses. A FGV (Fundação Getúlio Vargas) está responsável pelo concurso.

Ninguém acerta e Mega-Sena pode pagar R$ 48 milhões na terça-feira
A Mega-Sena acumulou mais uma vez e agora pode pagar R$ 48 milhões caso alguém acerte as seis dezenas que serão sorteadas na próxima terça-feira (18)...
Chefe de facção carioca é preso por agentes em cidade paraguai
Foi preso neste sábado (15), no Paraguai, país que faz divisa com Mato grosso do Sul, o brasileiro Carlos Eduardo Sales Cardoso, apontado como um dos...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions