ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Psicólogas de MS são selecionadas para curso do CNJ

Por Vinícius Squinelo | 12/11/2013 22:45

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com a Childhood Brasil e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), realiza desde setembro curso sobre depoimento especial de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

O curso visa qualificar os servidores das Varas da Infância e Juventude para a realização de depoimento especial, a fim de evitar a revitimização das crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de abuso sexual.

Composto por três módulos, o terceiro será presencial, com aulas em Brasília, entre os dias 26 e 28 de novembro. Os servidores aprovados nos dois primeiros módulos participaram de uma seleção para a parte final do curso que disponibilizou 50 vagas. Para essa etapa foram selecionadas pelo CNJ as psicólogas Lydia Maria de Oliveira Pellat, da Comarca de Jardim, e Maria Bernadete de Castro Amaral Sobroza, de Campo Grande.

A primeira etapa ocorreu nos dias 9 a 27 de setembro, na modalidade a distância, com 260 participantes de todo o país. Nessa fase foram fornecidos os principais conceitos relacionados aos direitos da infância e da juventude. No segundo módulo, de 1º a 31 de outubro, também a distância, participaram apenas 240 profissionais aprovados no módulo anterior. Nele foram apresentadas as metodologias do depoimento especial e principais técnicas para o desenvolvimento da prática. A fase final do curso contará com a participação de especialistas em depoimento especial.

A adoção do depoimento especial para as crianças e adolescentes vítimas de violência sexual foi recomendada aos tribunais brasileiros pelo CNJ por meio da Recomendação n. 33, editada em novembro de 2010.

Nos siga no Google Notícias