A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/12/2010 18:57

Psicólogo que ateou fogo em paciente em Goiás atendia normalmente na Acrissul

João Humberto

O psicólogo Edson Rodrigues de Souza, 42 anos, foi denunciado hoje na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Campo Grande pelo presidente do Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul, Carlos Afonso Marcondes Medeiros, 58 anos.

Segundo Carlos, Edson vem exercendo ilegalmente sua profissão, já que teve o registro de psicólogo cassado depois que ateou fogo no corpo de uma paciente. Na Capital ele possuía consultório e prestava atendimentos na Escola de Equitação, localizada na Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul).

Edson já participou, inclusive, de reportagens sobre equoterapia, fato que não é permitido para quem não está habilitado na profissão, de acordo com ocorrência registrada às 16h33. Sua clínica funciona na rua Antônio Maria Coelho, no centro de Campo Grande.

O presidente do Conselho Regional de Psicologia de MS conta que o órgão foi procurado no mês passado por uma paciente atendida em Campo Grande por Edson. Ela relatou que em contato com outros pacientes de Edson, soube que ele havia se envolvido num escândalo no estado de Goiás, pelo fato de ter ateado fogo no corpo de uma paciente.

Por conta disso, Edson teve sua carteira profissional de psicólogo recolhida. No dia 20 de agosto, o Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul recebeu um comunicado do Conselho Regional de Psicologia de Goiás sobre o fato e também a respeito da cassação do registro de psicólogo.

A publicação foi feita num jornal impresso de Campo Grande e também no Diário Oficial 7808, de 15 de outubro.

Confissão - Em depoimento à Depac, Carlos relatou que uma psicóloga recebeu a confissão de Edson sobre o exercício ilegal da profissão. A profissional até mesmo presenciou atendimento do autor em pacientes quando já tinha seu registro profissional cassado.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


sou filho da Edmar quero justiça
 
lucas rosa de oliveira em 13/01/2011 10:16:37
Nào poderia deixar decomentar tal fato...
Conheço a Edmar... Ela fazia tratamentos p depressaò e q nào foi curada.
Pelo contrário! depois do fato acorda durante a noite com pesadelos lembrando do que se passou.
O que todos pensam quem precisa de tratamentos é o tal "pscicólogo"".
Antes ele era pscicólogo. ( q atea fogo na propria paciente).
Agora ele diz ser "Terapeuta holístico".
Quando ele vai parar?
Aguardo justiça.
 
Denise de melo machado em 19/12/2010 08:24:47
Não confundam psicólogo com psicopata
 
Kátia Regina T. Roncatti em 17/12/2010 08:53:05
Esse mundo está perdido mesmo!!!Até psicólogo hoje em dia faz essas coisas aterradoras!!!
 
Julianne Arruda Gomes Bueno em 17/12/2010 07:08:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions