A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

11/08/2010 10:14

Puxada por cigarro, apreensão da Receita sobe 92%

Redação

O volume de apreensões da Receita Federal este ano é 92% maior quando se compara ao total de produtos retidos ano passado em Mato Grosso do Sul.

Dados divulgados esta manhã indicam que de janeiro a julho de 2009, foram apreendidos R$ 23.200.000 em mercadorias.

No mesmo período deste ano, o volume é de R$ 44.500.000.

De acordo com o delegado da Receita Federal de Campo Grande, Edson Ishikawa, as apreensões de cigarros representam 30% do volume total.

Somente nos sete primeiros meses do ano, as forças policiais e a Receita retiraram de circulação 15 milhões de maços, o que representa R$ 15 milhões, já que o valor aduaneiro médio estipulado é de R$ 1,00 o maço.

No mesmo período do ano passado foram R$ 11.300.000 apreendidos.

Para o delegado, o aumento é fruto das ações feitas pela Polícia e Receita.

Ele ressalta que estas investidas são feitas para obrigar o pagamento dos impostos, já que a maioria destas mercadorias é contrabandeada.

"

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions