A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/11/2013 10:30

Quadrilha furtava casas e lojas há quatro meses na região do Santa Luzia

Graziela Rezende
Objetos ocuparam grande espaço na delegacia. Foto: Simão NogueiraObjetos ocuparam grande espaço na delegacia. Foto: Simão Nogueira

A Polícia prendeu três integrantes de uma quadrilha que, há pelo menos 4 meses, furtava residências, comércios e até uma chácara na reigão do Bairro Santa Luzia, na saída para Rochedo. Segundo o delegado Weber Luciano de Medeiros, responsável pelas investigações, o grupo passava o dia monitorando o melhor horário para o crime. Eles trocavam produtos por drogas em bocas de fumo. Os materiais apreendidos estão avaliados em R$ 100 mil.

“Eles percebiam o exato momento em que os imóveis ficavam sozinhos e entravam na casa, arrombando portas e janelas. Temos um veículo Gol, no qual eles colocavam os objetos, como televisores Led, vídeo games X-Box, notebooks, jóias, entre outros. Em seguida, os jovens entregavam aos receptadores”, afirma o delegado.

A última casa furtada foi a do agente de aeroporto Fábio Ravaglia, 37 anos, no dia 6 de novembro, bairro Santa Luzia. “Eles pegaram uma mala grande em casa e encheram de objetos, além de uma cooler que eu havia acabado de comprar. E também furtaram coisas banais, como taças e uma espátula de cortar bolo. Mesmo com a prisão, fico triste, porque logo eles estão solto cometendo delitos”, diz Ravaglia.

A entrada da 2ª delegacia de Polícia, que estava ocupada por objetos, também recebeu as vítimas e possíveis receptadores. O delegado aproveitou a oportunidade para emitir um alerta.

“Quem reconhecer os objetos pode comparecer a delegacia e os que compraram também podem trazer, já que terão a responsabilidade amenizada, podendo até serem enquadrados por receptação culposa. Porém, se formos ao local, os receptadores serão presos e indiciados”, comenta o delegado.

Luiz Alberto dos Santos Martins, 25 anos, seria o chefe do bando. Ele foi preso em flagrante na sua casa, no Bairro Santa Luzia, assim como os primos Victor Hugo Ferreira Canto, o Vitão, 18, e Rafael Vicente Candido, 26. Outros dois, que estão foragidos, são adolescentes conhecidos como Pitú e o Alemão.

Victor ainda possui uma agravante, já que ele vendia galos para a prática ilegal de rinha. Quatro aves foram apreendidas e serão levadas ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). O trio será indiciado por furto qualificado, formação de quadrilha e receptação.

Trio foi preso em casa. Foto: Simão NogueiraTrio foi preso em casa. Foto: Simão Nogueira


essas feras são conhecidos aqui nessa regiao, roubou pode ir atrás que foram eles, não é de hj não
é soltar e eles vão roubar de novo, tudo sem vergonha.
precisamos de mais policiamento aqui nessa região do vila nasser, santa luzia e região.
 
Junior Arantes em 21/11/2013 21:00:31
GOSTEI DO TAMANHO DA FOTO DOS V... ASSIM FICA MAIS FÁCIL DA GENTE IDENTIFICAR SE CASO FOR SOLTO DAQ ALGUNS MESES...VAI SER DIFÍCIL DE ESQUECER ESSAS CARAS, MORO PRÓXIMA A ESSA REGIÃO E É BOM SABER QUEM SÃO AS PEÇAS RARAS QUE AMEDRONTA A REGIÃO!!!!
 
cristina silva em 21/11/2013 15:22:21
Eu moro no Bairro Jardim Paradiso e jé fui visitado 3 vezes, na ultima dia 21/10 onde arrebentaram a cerca elétrica e levaram 2 bicicletas (uma verde e uma preta pequena); ainda não abri o BO e nem sei se abrirei.
 
Luiz Alberto Silveira em 21/11/2013 13:57:08
No dia 11 e 15 minha casa foi roubada, esses safados levaram tudo que podiam carregar, um absurdo, na segunda e na sexta, exatamente esse Gol. Infelizmente não recuperam meus pertences. E pior ainda logo estarão soltos, com essas leis que temos, a policia prende a justiça manda soltar.
 
Elaine Farias em 21/11/2013 13:47:01
Sou morador do jardim das acacias sou apoosentado, fico sozinho em silencio total, vejo pessoas estranhas andando devagar na rua parecem cuidar as casas, porem ha um tempo na minha rua um cara cuidando a minha casa bem de frente e um outro na esquina, minha esposa saiu pra trabalhar eles devem ter imaginado que a casa estivesse sozinha ela me ligou do onibus e avisou da presença deles, fui até o portão e qdo ele me viu levou um susto porem não se intimidou e ficou me encarando, logo peguei o telefone sem fio e cuidando ele liguei pro posto policial da coophasul, o policial disse que eles estariam cuidando as casas e que eu teria que ligar no 190 pois eles nao iam deslocar. pois bem eu liguei no 190 e falei tudo e isso tem uns 5 meses e ate hj espero a viatura chegar no local.
 
silvio ribeiro em 21/11/2013 13:15:38
As viaturas servem pra fazerem proteção de determinados mercados,principalmente um na frente do posto de saude da vila nasser e outro mercado no novo horizonte,haja visto que policiais de folga trabalham nestes comercios,o governo deveria melhorar o salario desses meninos!
 
Priscila Moreira em 21/11/2013 12:18:59
os bairros Nossa Senhora das Graças, Jd Azaléia, Copasul, Santa Luzia, Vl Nasser, não existe policiamento para nossos moradores, isso quando algumas viaturas estão descansando em frente às residencias dos policiais. Muita gente andando armado, tanto a pé, bicicleta e moto, a PM do bairro Copasul é perda de tempo ligar.
 
Joana Medeiros Silva em 21/11/2013 12:05:17
Excelente trabalho da policia, tomara que fiquem um bom tempo na prisão.
 
Halley Christian em 21/11/2013 11:36:21
Parabéns ao Delegado Weber e sua equipe pelo excelente trabalho realizado na 2ª DP.
Precisamos de mais servidores como vocês.
 
Paulo Martins em 21/11/2013 11:18:01
Graças a Deus prenderam esses sem vergonha!
Conheço pessoalmente algumas das vítimas e sei do quanto são trabalhadores, honestos e do quanto trabalharam para conseguir esses bens, sorte que conseguiram recuperar tudo antes que os marginais vendessem!
Parabéns à Polícia!!!
 
Nicolas S. C. da Silva em 21/11/2013 11:15:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions