A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/07/2010 13:09

Quatro anos depois, réus por chacina pegam 121 anos

Redação

Uma chacina em que 3 pessoas morreram e quatro ficaram feridas, em Dourados, teve o julgamento dos réus nesta semana. Os autores, Alessandro Francisco da Silva, de 22 anos, e José Gomes de Barros, de 25, foram condenados, na quinta-feira, a 121 anos de prisão, somadas as penas.

Alessandro Francisco, conhecido como Francisquinho, foi condenado a 58 anos de prisão. Foragido, foi julgado à revelia. Ele é apontado como autor do homicídio do terceiro réu da chacina, Márcio Luna.

José Gomes de Barros recebeu pena de 63 anos. Ele é apontado como envolvido em outros sete casos de homicídio.

A chacina foi no bairro Santa Brígida, em 10 de outubro de 2006. Morreram Jovane Luiz Ferreira, Gilmar dos Santos Pinheiro e João Paulo de Lima Tibúrcio. Outros quatro ficaram feridos a tiros.

O grupo estava sentado em frente a uma casa quando passou o trio passou atirando, em um lugar movimentado.

Recesso de fim de ano já começa na próxima semana no Judiciário
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions