A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

28/07/2009 13:00

Queda na leishmaniose canina suspende entrega de coleira

Redação

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) encerrou o ciclo de distribuição de coleiras contra a leishmaniose canina em Campo Grande. No período, houve redução de 36% para em torno de 13% no índice de cães contaminados pela doença. "Fizemos em dois anos o trabalho de 10 anos", ressaltou o secretário Luiz Henrique Mandetta.

No entanto, a retomada da distribuição poderá ocorrer caso o Ministério da Saúde decida tornar o programa de distribuição gratuita de coleiras obrigatório em todo o País. Desde o início, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) entregou, a cada semestre, cerca de 120 mil coleiras.

Mandetta estima que a próxima sorologia canina deverá constatar que o percentual de animais infectados deverá ficar em torno de 10% a 11%. "A estratégia deu certo", afirmou o secretário. Ele disse que a prefeitura só irá retomar o projeto caso o monitoramento constate aumento na incidência da doença nos cães.

Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem renovar os contratos até o dia 23 de novembro. O prazo, que terminaria ho...
Saúde de índios é a mais afetada pela retirada dos médicos cubanos de MS
Com o impasse gerado entre o presidente eleito Jair Bolsonaro e o governo de Cuba, que decidiu retirar os profissionais do programa “Mais Médicos”, M...
Detran fecha, mas vistoriadoras mantêm atendimento nesta sexta e sábado em MS
O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) fecha durante este feriado da Proclamação da República, mas vistoriadoras mantêm atendimento nesta sexta...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions