A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/11/2008 17:08

Radares começam a multar e Agetran analisa novos pontos

Redação

Motoristas de Campo Grande precisam ficar mais atentos, a partir de hoje a Agetran (Agência Municipal de Trânsito) começou a multar as pessoas flagradas em excesso de velocidade pelos radares fixos implantados em sete dos oito locais da cidade. O órgão também inicia a análise para instalar os equipamentos em outros dois pontos: nas avenidas Dom Antônio Barbosa e outro na Fábio Zahran, conhecida como Via Morena.

Desde setembro, a Agetran começou a instalar os radares. Até o mês de novembro, a Agência já instalou os equipamentos em oito lugares. Somente os motoristas flagrados pelo radar da Avenida Rachid Neder não serão multados ainda, porque o equipamento ainda está em fase da campanha educativa, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande.

Para analisar a necessidade de instalar equipamento fixo semelhante nas Avenidas Dom Antônio Barbosa e Fábio Zahran, a Agetran iniciou a elaboração de um plano operacional. Na Avenida Dom Antônio, próximo da Rua Cotegipe, na entrada do Bairro Coophasul, a partir das 7 horas de amanhã a via será monitorado por um radar móvel o sentido bairro-centro e, às 8h30, centro-bairro.

Já às 12 horas, o trabalho itinerante será feito na Avenida Fábio Zahran, entre as Ruas Pacífico Lopes Siqueira e Avenida Primavera, e, por último, na Via Morena no sentido bairro-centro.

Além dos dois novos pontos, serão monitorados o cruzamento da Via Parque com a rua Pernambuco; outro aparelho ficará na altura do número 451, também na Via Parque; na Três Barras o controlador ficará próximo ao número 345; na Rachid Neder estará na esquina com a Padre João Cripa; na Manoel da Costa Lima, perto dos números 783 e 863; na Via Morena, na altura do número 6369; e o oitavo ponto será na avenida Olavo Vilela de Andrade (Interlagos), com Ramalho Ortigão.

Surpresa - Nas ruas, os motoristas dizem ainda não estar preparados para as o início do funcionamento.

Na avenida Três Barras, a reclamação é geral. A dona-de-casa Letícia Ferreira, de 26 anos, diz que nunca viu qualquer faixa de esclarecimento sobre o radar recém instalado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions