A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/06/2010 17:56

Rapaz chora em depoimento e diz que não queria matar

Redação

O jovem Guilherme Henrique Santana de Andrea, de 22 anos, que matou no sábado o examinador do Detran Ítalo Marcelo de Brito Nogueira, de 27 anos, em uma festa de família chorou diversas vezes no depoimento prestado na tarde de hoje no 5° DP. Ao delegado adjunto Devair Aparecido Francisco, o autor disse que não teve intenção de matar e que a fatalidade resultou de uma brincadeira.

Por quase 3 horas Guilherme foi ouvido e contou sua versão do fato, na presença do advogado. O pai do jovem, o investigador Pedro Wlademir de Andrea lotado na Denar (Delegacia de Repressão ao Narcotráfico), não acompanhou o depoimento.

Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions