A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/02/2015 11:55

Reinaldo promete segurança e aumento de efetivo aos agentes penitenciários

Leonardo Rocha
Reinaldo se reúne com agentes penitenciários e promete aumentar efetivo, através de concursos (Foto: Marcelo Calazans)Reinaldo se reúne com agentes penitenciários e promete aumentar efetivo, através de concursos (Foto: Marcelo Calazans)

Em reunião com representantes dos agentes penitenciários, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) prometeu a realização de concursos públicos com o aumento gradativo do efetivo da categoria, além de investimentos em equipamentos e ações imediatas para melhorar as condições de segurança dos profissionais.

"Não adianta olhar para trás, aumentou em oito anos, 6 mil presos no Estado, vamos fazer um planejamento em curto, médio e longo prazo, com a realização de concursos, para aumentar o efetivo a cada ano da minha gestão", ressaltou o tucano, ao final da reunião, que ocorreu nesta manhã na governadoria.

Reinaldo ressaltou que como ação imediata irá disponibilizar equipamentos que estão faltando, assim como colocar a Polícia Militar para estar presente na entrada e saída dos presídios semi-abertos.

"Vamos conversar e tentar resolver os problemas, assim como discutir o edital do concurso para este ano, que vai ajudar na demanda".

O governador ponderou que serão entregues presídios em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas, sendo natural a contratação de mais profissionais. "Teremos um Fórum Permanente com os sindicatos para discutir estas questões que são importantes".

Parceria - Azambuja não deixou de citar a importância da participação do governo federal nas ações tanto de segurança da fronteira, como em investimentos nos presídios, que possuem em maioria detentos ligados ao tráfico internacional de drogas. "Temos que dividir a responsabilidade, a União precisa participar deste processo".

Reinaldo inclusive anunciou que vai se reunir com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, após o carnaval, justamente para discutir estas questões de segurança na fronteira. "Ele (ministro) vai sentar conosco para pactuarmos sobre este assunto, trazendo o chefe da Polícia Federal e até o ministro da Defesa, junto com nossas forças de segurança".

O governador destacou que ainda não foi marcado o local e o dia específico para este encontro, porém que vai acontecer em breve. "Já tivemos uma conversa anterior em que colocamos todas estas questões na mesa, para que haja uma cooperação da União".

Reivindicações - O presidente do Sinsap/MS (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de MS), André Luiz Santiago, ressaltou que além da realização de concursos, com o intuito de aumentar o efetivo, a classe mais equipamentos, segurança adequada aos agentes, além de melhores salários.

Sobre este assunto o governador ponderou as conversas sobre salários e Plano de Cargos e Carreiras serão retomadas, assim como outras bonificações. "Tivemos uma boa reunião e teremos evolução nestas questões inerentes a classe". Atualmente existem 13.476 presos no Estado, tendo 1473 agentes penitenciários. Destes, 968 trabalham na segurança de custódia e 472 na área administrativa.

Conselho de Psicologia aprova resolução com regra para atendimento a transexuais
Em meio à polêmica que cerca a iniciativa de psicólogos para derrubar, na Justiça, uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que proíbe o...
Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions