A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

20/04/2017 11:23

Reinaldo quer posição do governo federal sobre futuro da CCR em MS

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Governador falou sobre o assunto durante a manhã de hoje. (Foto: Marcos Ermínio)Governador falou sobre o assunto durante a manhã de hoje. (Foto: Marcos Ermínio)

Na próxima terça-feira (25), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) viaja para Brasília em busca de respostas sobre o futuro da CCR em Mato Grosso do Sul e uma posição do governo federal sobre a decisão da empresa de paralisar as obras.

Reinaldo detalhou hoje que a reunião deve acontecer às 18h30 com a presença da bancada federal de MS, o presidente da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), Jorge Luiz Macedo Bastos o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa.

"Queremos saber qual vai ser a posição do governo federal sobre a decisão da CCR de paralisar as obras na BR-163", disse ele, ao ressaltar que antes da reunião com os representantes da União, a bancada deve se reunir para alinhar um discurso.

Crise - Para suspender as obras e pedir revisão do contrato, a CCR MSVia alega que desde a assinatura do contrato as condições econômicas do país mudaram, as taxa de juros subiram de 5% para 7,5% no período e em 2013, quando as projeções foram feitas, o Brasil não passava pelas dificuldades, que iniciaram em 2014.

A empresa também afirmou, em coletiva de imprensa, que cogita rescindir o contrato caso não tenha o prazo ampliado, mesmo sob pena de multa. Entretanto, os valores não são revelados, mas há estimativa que gire na casa de milhões de reais.

O contrato do Governo Federal com a empresa, assinado em março de 2014, exige que as obras estejam terminadas até o quinto ano da concessão, ou seja, 2020. Porém, a CCR propõe que haja duplicação de 400 km até o décimo e 15º ano de concessão. A BR-163 tem 806 km de duplicação para ser realizado em Mato Grosso do Sul.

Sancionada lei que amplia licença paternidade para as Forças Armadas
O presidente da República em exercício, o ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli, sancionou hoje a lei que aumenta de cinco para 20 dias a...
Fies abre inscrições para vagas remanescentes
Estão abertas, a partir de hoje (24), as inscrições para as vagas que não foram preenchidas no processo seletivo regular do Fies (Fundo de Financiame...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions